O nascimento de uma criança significa o surgimento de diversas responsabilidades para os pais. Apesar disso, não dá para descuidar da saúde da mulher que acabou de passar por esse momento sensível. A fase de pós-parto é extremamente delicada e significa um período de recuperação para o corpo, a mente e o organismo.

O puerpério, como também é chamado o pós-parto, é época de mudanças físicas e psicólogicas em um curto período de tempo. A mulher deve amamentar, higienizar a criança, fazê-la dormir e, ainda assim, cuidar de sua recuperação, saúde mental e retomar as suas funções profissionais ou domésticas.

 

Pós-parto: normal versus cesariana

A seguir, confira quais são as principais dicas de recuperação pós-parto recomendadas pelo Ministério da Saúde. Siga as recomendações de seu médico e não esqueça de cuidar de sua saúde em todos os aspectos possíveis.

Parto normal: o corte criado próximo à vagina – se existente – deve ser higienizado com um sabonete de pH neutro sempre que você fizer as suas necessidades e tomar banho. Lembre-se de secar a região com água e tomar os medicamentos recomendados para evitar possíveis infecções. Os pontos costumam cair sozinhos.

Parto cesariana: higienize a cicatriz com muito cuidado. O sabonete também pode ser de pH neutro. Nesse caso, vale lavar apenas durante o banho. Os pontos devem ser removidos pelo obstetra após 10 dias. Evite fazer força e invista no uso de pomadas com ativos cicatrizantes para evitar o desenvolvimento de queloides.

Pós-parto
A mulher deve ter cuidados com a cicatriz e evitar fazer força no pós-parto. Foto: iStock, Getty Images

Outros cuidados no pós-parto

É normal sentir cólicas no pós-parto de uma hora para outra. O útero está voltando ao tamanho normal e se adaptando novamente ao corpo. A mulher ainda pode expelir uma secreção levemente avermelhada ou marrom pela vagina. O muco costuma ficar mais claro ao longo do tempo e não significa riscos para a saúde.

Se você sentir dor no baixo ventre, apresentar sangramento vaginal excessivo, cheiro ruim na vagina e febre, é necessário ir ao médico. Você pode estar desenvolvendo uma infecção causada por bactérias. O tratamento é dado com antibiótico e deve ser seguido de acordo com as recomendações do especialista.

É preciso esperar 40 dias após o parto para ter relações sexuais. O organismo ainda está se recuperando e algumas mudanças podem ser vistas. A vagina ainda pode ficar ressecada e levemente machucada depois do sexo. Converse com o seu ginecologista para escolher um anticoncepcional que não afete a produção de leite.

Lembre-se que a mulher passou por diversas transformações durante a gestação e o parto, e poderá se sentir frágil e insegura em alguns momentos. Se esses sentimentos aparecerem, é fundamental lembrá-la de que esta fase é passageira e que logo estará mais confortável.

E para você, como foi a recuperação do pós-parto? Conte para a gente!