A prática regular de atividades físicas é algo essencial para manter a saúde em dia. No entanto, alguns cuidados devem ser tomados na hora da prática do exercício escolhido, para evitar diversos problemas. Entre o desgaste mais comum que um praticante pode sofrer é a lesão no joelho.

Saiba como evitar lesão no joelho. (Foto: Istock)
Saiba como evitar lesão no joelho. (Foto: Istock).

Como evitar lesão no joelho?

Segundo o ortopedista diretor clínico da SO.U Ortopedia, Dr. Pedro Baches, o joelho está propenso a sofrer mais lesões pelo fato de ser a parte que sustenta todo o peso do corpo. “Quando ele é lesionado, isso é resultado de um exercício mal executado ou até mesmo de uma sobrecarga”, explica.

O especialista dá cinco dicas que o praticante de atividades físicas deve tomar:

1. Seguir as instruções de um profissional capacitado no esporte escolhido.
2. Escolhe um calçado confortável e com amortecedor.
3. Controlar o peso, a fim de reduzir o risco de problemas como a artrose.
4. Manter um treinamento específico e distribuir a carga nas diferentes articulações. Isso auxilia no fortalecimento dos membros inferiores;
5. Fortalecer o joelho e o quadril para não dissipar a sobrecarga do peso.

Joelhos femininos estão mais sujeitos a lesões

Você sabia que os joelhos femininos são mais vulneráveis às lesões? Estudos revelam que a mulher chegar a sofrer até sete vezes mais do que os homens com problemas nesta região do corpo.

Segundo o fisioterapeuta Igor Montenegro, isso se dá pela anatomia feminina. “Por ter um quadril mais largo, as mulheres estão mais sujeitas a ter um joelho valgo, ligeiramente virado para dentro. Essa postura tende a prejudicar o funcionamento do joelho”, explica. O resultado disso pode ser problemas graves, como o desenvolvimento de desgaste da cartilagem, artrose e traumas de menisco.

Para que a prática de esportes não prejudique os joelhos, o especialista alerta para a importância das mulheres preparem a região para receber a carga de exercícios. Confira suas recomendações:

• Nunca deixe de fazer o alongamento e o aquecimento.
• Na sua rotina de atividades, mantenha um equilíbrio entre o trabalho aeróbico e o de resistência.
• Caso sofra com joelho valgo, corrija o padrão de agachamento, utilizando melhor a musculatura de quadril (glúteo máximo e médio), evitando o joelho ser projetado para dentro e para frente e consequentemente aliviando a sobrecarga em quadríceps e tendão patelar.
• Não exagere na intensidade da corrida.

Para quem já sofre com dores, o especialista alerta que a fisioterapia pode ser um grande aliado para fortalecer alguns músculos e melhorar a qualidade de movimento articular. “Músculos fortes permitem que o joelho tenha boa estabilidade, além de tornar atividades muito exigente para o joelho, relativamente, mais leve. O treinamento de força também fortalece a cartilagem, deixando-a mais resistente aos possíveis desgastes”, finaliza.

E você? Já sofreu com lesão no joelho? Para mais dicas para prática de exercícios, não deixe de acompanhar o nosso site!