De acordo com um estudo de 2014 da Organização das Nações Unidas (ONU), a depressão já atinge praticamente 7% da população mundial. Como consequência, a doença também é a principal causa de incapacitação, devastando famílias e ambientes profissionais. Por isso, é importante buscar meios de aproveitar a vida sem medo de ser feliz.

Cuidar de si mesmo e valorizar as oportunidades que surgem no dia a dia são as principais formas de combater a doença. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil é o país com maior prevalência de pessoas depressivas, com 10,8% da população afetada. Conheça algumas formas de levar a vida de modo mais leve e feliz.

Fuja da depressão sem medo de ser feliz

Um estudo da Universidade do Texas, nos Estados Unidos, descobriu que a prática de exercícios físicos é eficaz no tratamento da depressão. Segundo os pesquisadores, se exercitar de 3 a 5 vezes por semana, por cerca de 50 minutos, libera serotonina e endorfina ao corpo, o que ajuda na sensação de bem-estar e alegria.

Abaixo, conheça outras formas de viver sem medo de ser feliz:

Aceite-se

A mudança de atitude começa por você mesmo. Por isso, aceite seu corpo, sua idade e suas dificuldades. Aprenda a se amar como você é, na adaptação da sua realidade. Reconheça que você pode ser feliz com as suas condições e nas oportunidades que a vida dá a você.

Perdoe-se

Sabe aquela tendência em se culpar por tudo que não dá certo? Fuja da ideia de que tudo precisa ser perfeito e perdoe a si mesmo pelos erros que comete. Procure não insistir naquilo que deu errado, mas permita-se tentar sem medo de ser feliz.

Sem medo de ser feliz
Começar a sorrir é um bom ponto de partida para uma vida mais feliz. Foto: iStock, Getty Images

Afaste-se de quem não faz bem

Aguentar gente que faz mal não deve ser parte da sua rotina. Por mais difícil que seja, busque não se relacionar com colegas, clientes, pessoas e familiares que querem prejudicar você. Desse modo, é possível transcorrer os obstáculos da vida com mais tranquilidade.

Valorize sua saúde sem medo de ser feliz

Tudo em excesso é perigoso, mas quando bem dosada a preocupação com a saúde é imprescindível. Cuide da alimentação, consulte um médico periodicamente, faça exercícios e viaje sem medo de ser feliz. Quando passa a valorizar a vida, entende que ela só existe em função da sua saúde.

Pratique uma boa ação diária

Cumprimente as pessoas que passam por você. Sorria sempre, não para mascarar seus sentimentos, mas para incentivar os outros a serem alegres. Em pequenas atitudes no dia a dia, você é capaz de impulsionar a felicidade alheia e a sua.

Respire e não pire

Não se chateie por ter fugido da dieta ou esquecido da academia. Seja sempre disciplinado, mas se permita alguns caprichos. Além disso, não se altere ou fique estressado por pequenas coisas. Faça exercícios de respiração sempre que se sentir irritado. Você ficará mais calmo e alegre.

Seja amigo do sol

Uma pesquisa da faculdade de medicina da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, descobriu que a exposição ao sol faz com que o corpo libere endorfina, o hormônio da felicidade. Portanto, se você trabalha em ambientes fechados, tire alguns minutos do dia para tomar ar e passear ao ar livre. Assim, garante saúde e felicidade.

Gostou das dicas? Deixe um comentário! Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!