A prática regular de atividades físicas é essencial não só para manter o corpo em forma como principalmente para garantir qualidade de vida. Mas, para ter os efeitos desejados, é importante investir nas melhores roupas para malhar e em acessórios adequados à modalidade escolhida. Isso porque, até mesmo esses itens podem interferir positivamente ou prejudicar o seu desempenho.

A escolha adequada da roupa para malhar pode ajudar no bom desempenho do treino. (Foto: Istock)

Como acertar na hora da compra

Está pensando em começar a praticar algum esporte e precisa de inspiração? Saiba o que levar em conta na hora da compra e assim fazer bonito – em todos os sentidos – na hora de se exercitar:

1. Considere o tipo de exercício que vai praticar

Cada atividade física exige um tipo de roupa específico. No mercado, há diversas opções projetadas de acordo com a modalidade (veja como se inspirar), levando em conta os tipos de movimentos que ela exige, a temperatura e o terreno em que é praticada, entre outros fatores. Por exemplo: para quem pratica natação, é importante investir em peças com tecidos que reduzem o atrito com a água. Já corredores devem privilegiar roupas que proporcionam um bom controle térmico.

2. Escolha o tipo de tecido mais adequado

Cada vez mais, as marcas se dedicam a desenvolver tecidos tecnológicos que ajudam na prática de atividades físicas. Além de serem mais leves e confortáveis, eles podem auxiliar na evaporação do suor, transmitir conforto térmico, absorver a umidade e, até mesmo, garantir proteção contra os raios ultravioletas, o que é essencial para atividades ao ar livre. Por essa razão, a escolha do look vai muito além da estampa ou do design.

3. Aposte em roupas de acordo com o seu tipo físico

Para a roupa ser confortável ao praticar a atividade, é essencial que ela esteja de acordo com o seu tipo físico. Mulheres que têm seios grandes, por exemplo, devem procurar investir em tops reforçados e com sustentação para protegê-los. O importante é saber o seu tamanho, para que não fique largo ou muito apertado.

4. Escolha o tênis mais apropriado para a modalidade que deseja praticar

Assim como na escolha da roupa, é um grande erro comprar o calçado para se exercitar baseado no design. Cada modalidade exige um tipo específico que ajudará a prevenir lesões e, até mesmo, a potencializar o desempenho no treino. É importante considerar a atividade, o seu tipo de pisada, a capacidade de amortecimento e a ventilação que o modelo proporciona. Vale a pena também comparar diferentes marcas e modelos de tênis para descobrir qual é o mais apropriado.

5. Invista em acessórios que garantam conforto e segurança

Muitas vezes, é preciso investir em acessórios para a modalidade que deseja praticar. Os ciclistas, por exemplo, têm de usar capacete. Por isso, pesquise sobre os equipamentos necessários, quais tecnologias mais importantes e quais características devem ser levadas em consideração na hora da compra.

6. Faça pesquisa em diferentes sites

Após considerar todos esses itens, é essencial saber onde fazer a melhor compra. Diante do investimento, que não é baixo, é fundamental analisar as qualidades das marcas e fazer uma pesquisa de preços que garanta o melhor custo-benefício. Existem boas opções para economizar como utilizar cupons de desconto oferecidos para as maiores lojas do país, pesquisar o melhor valor em sites comparadores de preço ou explorar coleções anteriores.