[the_ad_group id="16401"]
Especialidades

Fazer amor é bom para sua saúde!

Por Redação Doutíssima 02/05/2013

 

faire-l-amour-c-est-bon-pour-la-sante_landing_entete

Fazer amor é bom para sua saúde!
Por Dr.Mottez com Relaxnews
Atividade considerada: Antidepressiva, estimulante cardíaco, bom para a auto estima… fazer amor é bom para sua saúde. Ponto final.

Amor, um antidepressivo natural
Segundo os cientistas, fazer amor é um dos melhores remédios anti-estresse. Essa ação calmante de razões fisiológicas, nomeadamente relacionada com a liberação de hormônios e estimulação de certas ligações nervosas muito específicas.
Os mais românticos vão ficar feliz em saber que o sentimento de amor também é muito reconfortante e faz bem para a saúde.

De acordo com um estudo publicado na revista Psychological Science, o simples fato de tocar a pessoa amada, ajuda a relaxar. De acordo com os resultados também, quando uma pessoa se sente amada, é muito mais resistente ao estresse. Observações também explicam que a falta de amor e solidão pode levar à depressão grave.

O Sexo em si
Fazer sexo é um esforço físico. Como tal, a atividade sexual ajuda a queimar calorias. Naturalmente, o número de calorias perdidas, varia dependendo da intensidade da atividade sexual. O sexo também é uma boa maneira de trabalhar os músculos ao nível do abdome glúteos e também nas coxas.
Fazer sexo ativa a circulação sanguínea.
Vários estudos científicos demonstraram que o risco de doença cardíaca diminui à medida que aumenta a frequência de relações sexuais. Na verdade, fazendo trabalhar o  músculo cardíaco aumentando os batimentos do coração.

Uma ação anti-câncer
Nos Homens, fazer sexo frequente (cinco vezes por semana) também reduziria o risco de desenvolver câncer da próstata.
As mulheres, por sua vez, não ficam de fora, as preliminares ter um efeito protetor contra o câncer de mama. De acordo com vários estudos científicos, carícias nos mamilos resultaria na liberação de um hormônio chamado oxitocina, que protege contra o câncer.

237 razões para amar
Como parte do estudo “Why humans have sex ?” (Por que os seres humanos fazem sexo?), Publicado em 2007, pesquisadores norte-americanos da Universidade do Texas tinham relatado 237 razões para amar.
A pesquisa foi realizada por psicólogos em duas fases. Eles questionaram primeiro 444 homens e mulheres com idades entre 17 e 52 anos, sobre as razões que fazem sexo, então, questionou 1.500 outros em suas experiências sobre sexualidade. O processo levou cinco anos. As principais razões apontadas pelos entrevistados são atraídos para uma pessoa, e a sensação de prazer sentida. Seguido pelo motivo de que mostrando a uma pessoa que amamos, nos amamos também. Razões mais “naturais”, como faz a luta contra o estresse também foram citados.

Para finalizar, fica a dica e a alegria de um trecho de um belo poema de amor:

“Mas há a vida que é para ser intensamente vivida, há o amor. Que tem que ser vivido até a última gota. Sem nenhum medo. Não mata.”

Clarice Lispector

Fonte: Femme Actuelle

Tradução e Adaptação : Raquel Paquiela

 


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]