[the_ad_group id="16403"]
Nutrição

Penino: descubra quais benefícios o alimento pode oferecer

Por Redação Doutíssima 20/05/2013

Quando se fala em pepino, a imagem que pode vir na sua cabeça é aquela de tratamentos de beleza, onde o fruto é cortado em duas rodelas e é colocado sob os olhos. Mas se engana quem pensa que suas vantagens são meramente estéticas.

Por que comer pepino

Apesar de diversos produtos de beleza terem o alimentos em seus componentes, por ser rico em vitaminas que funcionam antioxidantes naturais, combatendo o processo de envelhecimento, os benefícios do fruto vão muito além. conheça os principais deles:

  • Prevenção do câncer

Estudos recentes ligam o consumo do pepino à prevenção de alguns tipos de câncer, como o de próstata, de ovário e o de mama, por exemplo. Acredita-se que essa propriedade medicinal do fruto se deva à presença das substâncias lariciresinol, pinoresinol, e secoisolariciresinol, que ajudam a restringir o metabolismo das células cancerígenas

  • Faz bem para o coração

O pepino também é um aliado do coração, pois ajuda a diminuir os níveis de LDL – o colesterol ruim – e controlar a pressão arterial. O primeiro graças à presença de esteróis na sua composição e o segundo devido à alta concentração de magnésio e fibra alimentar

  • Ajuda no diabetes

Outra doença que o pepino ajuda a prevenir e tratar é a diabetes (especialmente a do tipo 2). O seu suco tem hormônios que são utilizados pelas células do pâncreas na produção e síntese da insulina.  Além disso, portadores podem consumir o fruto tranquilamente, devido ao seu nível glicêmico insignificante

  • Regula a digestão

O pepino é rico em fibras, que ajuda na limpeza do trato intestinal. Prisão de ventre e constipação crônica também não têm vez com o fruto. Sua composição contém 95% de água que, portanto, ajuda na liberação de toxinas.

Pepino faz bem à saúde

O pepino conta com várias propriedades benéficas à saúde. Foto: iStock, Getty Images

Tipos de pepino

Agora, será que todo pepino é igual? Apesar de adaptados ao clima tropical brasileiro, existem pepinos diferentes. Descubra quais são os mais conhecidos:

  • Caipira: tipo mais comum, é facilmente encontrado em feiras e supermercados. Muito usado em saladas, também é utilizado em sucos para emagrecimento
  • Japonês: com casca verde escura e polpa mais firme que o pepino caipira, ele é também um pouco mais caro. Fino e alongado, é o tipo mais utilizado para fazer sunomono, a tradicional salada agridoce japonesa
  • Aodai: é uma mistura dos dois tipos anteriores. Possui coloração e sabor suave, semelhante ao japonês, já o tamanho é próximo ao caipira. O pepino aodai pode ser utilizado para o preparo de saladas ou conservas
  • Mini: conforme indica o nome, é um tipo menor que os outros. É utilizado principalmente para fazer conservas, mas também funciona muito bem, assim como os demais, como um delicioso aperitivo.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]