[the_ad_group id="16401"]
Psicologia > Relacionamento

Como ser feliz no casamento

Por Redação Doutíssima 22/05/2013

É preciso trabalho para ter um casamento saudável, mas é possível. Assim como uma boa alimentação e exercício físico regulares podem ajudar você a ter um corpo saudável, há coisas que você pode fazer para ter um casamento feliz.

 

casamento feliz

Um casamento feliz depende de momentos de cumplicidade entre o casal.

 

 

Dicas para fortalecer seu casamento

 

1) Gaste tempo com o outro.

 

Os cônjuges precisam de tempo uns com os outros, a fim de crescer forte juntos. Ao passar o tempo com o seu parceiro, você vai entender melhor suas diferenças e como negociar os problemas que eles podem causar.

 

2) Aprenda a negociar conflitos.

 

Conflito é uma parte normal de um relacionamento. Há um ponto, no entanto, quando se pode aumentar de intensidade e, por vezes, tornar-se emocionalmente e fisicamente inseguro. Trabalhar os problemas em um relacionamento começa com a compreensão do que seus problemas são e como discuti-los. Há muitos recursos disponíveis para ajudá-lo a aprender a lidar com o conflito.

 

3) Demonstrando respeito um pelo outro o tempo todo.

 

Quando um casal não consegue respeitar uns aos outros, muitas vezes escorrega em hábitos negativos. A pesquisa mostra que nada pode prejudicar um relacionamento mais rápido do que críticas e humilhações. Tratar o seu parceiro como você gostaria de ser tratado irá fazer muito para fortalecer o vínculo entre vocês. Elogiar o seu parceiro é uma maneira rápida e fácil de mostrar-lhe respeito. Quando você for tentado a reclamar com alguém sobre uma das falhas do seu parceiro, pense como você se sentiria se ele ou ela fizesse isso com você.

 

casamento feliz

Foto: Shutterstock

 

4) Explore a intimidade

 

Intimidade conjugal pode abrir seu relacionamento a um novo nível de prazer e cumplicidade. É importante, entretanto, lembrar que a intimidade nem sempre significa sexualidade. Um aspecto muitas vezes esquecido da intimidade é o tipo emocional. Um exemplo de intimidade emocional é a criação de um espaço seguro para o seu parceiro compartilhar suas emoções sem medo de você ser crítico. Saiba a diferença entre a intimidade emocional e física e, quando cada um é mais adequado.

 

5) Explore interesses comuns

 

Casais prosperam quando compartilham interesses semelhantes. Isso não significa necessariamente que cada um poderá desfrutar de todas as atividades, mas abre-se a oportunidade para uma maior partilha e compromisso. Fazer as coisas em separado não é ruim, no entanto, os interesses comuns são importantes para casamentos saudáveis.

 

6) Melhore suas habilidades de comunicação

A capacidade de falar e ouvir uns aos outros é uma das chaves para um casamento saudável. Você nunca deve presumir que seu parceiro sabe o que você está pensando ou sentindo. Diga ao seu cônjuge o que está acontecendo e saiba quando simplesmente escutar. Aprender a realmente ouvir o seu parceiro é uma habilidade que pode exigir prática. Há muitos recursos disponíveis, tais como livros, oficinas de educação de casamento e cursos online. Todas estas opções podem ajudar os casais a aprender a se comunicar de forma mais eficaz.

 

7) Perdoe um ao outro

 

O perdão é uma virtude difícil, mas importante em um casamento, especialmente porque ninguém é perfeito. Tente permitir que seu parceiro tenha algum espaço para cometer erros, porque você também vai fazer alguns. Quando você cometer um erro, aja rapidamente para se desculpar e corrigir problemas. Se o fizer, vai ajudar a incentivar o perdão e fortalecer seu casamento.

 

8) Procure o melhor no outro

Quando você conheceu seu parceiro, você se apaixonou por alguma de suas qualidades maravilhosas. Com o tempo, no entanto, sua visão dessas qualidades pode ter mudado. Por exemplo, ele pode ter sido muito bom em poupar dinheiro quando se conheceram. Agora você só acha que ele é pão duro! Dê ao outro o benefício da dúvida e crie uma lista de todas as coisas que você ama sobre seu parceiro. Ela vai ajudar você a se apaixonar novamente!

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]