[the_ad_group id="16401"]
Esporte

Conheça os benefícios da natação e veja como praticar

Por Redação Doutíssima 03/06/2013

A natação é o esporte ideal para quem busca melhorar a consciência corporal, tonificar os músculos e ainda aprimorar sua capacidade de raciocínio. E o melhor: pessoas de todas as idades podem praticar. 

 

Um estudo realizado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), com idosas que nadam e outras que praticam outros esportes, comprova o aumento de consciência corporal naquelas que praticavam natação.

Natacao-doutissima-istock-getty-images

Natação melhora a capacidade de raciocínio e melhora coordenação motora. Foto: iStock, Getty Images

Benefícios da natação

Segundo especialistas da Universidade de São Paulo (USP), os benefícios da natação são:

1. Melhora a capacidade de raciocínio.

2. Aumento da capacidade respiratória e circulatória.

3. Proporciona desenvolvimento de massa muscular e alongamento dos músculos.

4. Melhora coordenação motora e consequentemente o equilíbrio.

Um estudo realizado pela Universidade de Indiana, Estados unidos, com nadadores com idades acima de 25 anos, indicou que eles perdem menos massa muscular com o passar do tempo, além de apresentarem artérias mais saudáveis e reflexos mais rápidos quando comparados a outras pessoas de mesma idade.

Cuidados ao praticar natação

Como estão mais sujeitos a choques térmicos, idosos devem ficar atentos a temperatura da água, que deve estar próxima à corporal. A intensidade da prática de exercícios deve ser leve até o organismo se habituar com a atividade.

Para se prevenir da chamada otite do nadador, que causa inflamação no canal auditivo, é preciso usar protetores de orelha. Quem usa lentes de contato deve optar por óculos protetor para evitar irritação na região dos olhos.

Crianças e idosos precisam usar sapatilhas aderentes ou meias ao caminhar nos arredores da piscina para evitar quedas. Os pais que desejam que seus filhos pratiquem natação devem ficar atentos à quantidade de cloro na água da piscina, já que a substância pode causar alergias na pele e outros incômodos nas crianças.

As gestantes também podem desfrutar dos benefícios da natação. O esporte auxilia no bom desenvolvimento do feto e também na saúde da futura mamãe. A grávida pode iniciar essa atividade física no terceiro mês de gestação, mas não é recomendado o estilo borboleta, pois os movimentos podem prejudicar a coluna devido ao peso da barriga.

 

Os bebês podem praticar natação, mas sempre acompanhados pela mãe ou responsável. As aulas devem ter no máximo 30 minutos para que não se tornem cansativas para a criança.

Os resultados da natação devem ser sentidos a partir do primeiro mês de atividade e o número mínimo de aulas varia entre duas a cinco por semana.

O quanto nos exercitamos?

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde, em 2014, o brasileiro está mudando a sua postura com relação à prática de esportes. O levantamento apontou que 33,8% da população faz atividade física com regularidade. Ainda segundo a pesquisa, entre os adultos que praticam exercícios, 18,97% fazem musculação e 14,87% jogam futebol.

O Ministério da Saúde considera atividade física suficiente a prática de 30 minutos diários de intensidade leve ou moderada por cinco dias ou então, 20 minutos diários de alta intensidade três vezes por semana ou mais.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]