[the_ad_group id="16401"]
Filhos

Saiba como responder às constantes dúvidas das crianças

Por Redação Doutíssima 11/06/2013

Geralmente os pais começam a ficar aflitos quando as crianças começam a mostrar curiosidade sobre determinadas questões. Não há motivo para preocupação, já que abordando as perguntas da maneira correta é possível que elas reflitam positivamente no desenvolvimento e na inteligência dos pequenos.

criancas-doutissima-istock-getty-images

Curiosidade é um gatilho para mudanças químicas no cérebro e ajudam a guardar informações. Foto: iStock, Getty Images

 

Curiosidade faz adultos mais inteligentes

De acordo com um artigo publicado no Journal of Personality and Social Psychology, a criança que possui alto nível de curiosidade terá um QI mais elevado se comparado com aquelas que não se instigam tanto pelas coisas ao seu redor. Foram avaliadas 1.795 crianças aos três anos de idade, que passaram por reavaliação aos 11 anos. O QI das que demonstravam bastante curiosidade aos três foi 12 pontos maior do que o daquelas menos curiosas.

 

Não bastasse isso, um recente estudo conduzido pela Universidade da Califórnia mostra que a curiosidade é um gatilho para mudanças químicas no cérebro que facilitam a absorção de informações. Os pesquisadores descobriram que uma mente curiosa possui maior atividade no hipocampo, que é a parte do cérebro envolvida na criação das memórias – facilitando assim a armazenagem das informações adquiridas.

 

Como não há dúvida de que a curiosidade é um atributo capaz de gerar reflexos positivos nos pequenos, é importante instigá-la. Porém, para fazê-lo com segurança é preciso também estar preparado para responder os questionamentos quando eles surgirem.

 

Como responder as dúvidas das crianças?

Muitos pais ficam divididos quando seus filhos começam a fazer perguntas. Enquanto ficam felizes pela curiosidade infantil, também se mostram apreensivos porque muitas vezes não sabem como lidar com ela.

 

Em 2012 foi realizada uma pesquisa no Reino Unido com 2 mil pais para descobrir quais eram as questões mais comuns que as crianças entre 5 e 16 anos costumavam fazer. Conheça quais são elas e como se preparar para respondê-las.

 

1. Por que às vezes a lua aparece durante o dia?

 

Explique para seu filho que a lua orbita ao redor da terra independentemente do sol. Quando ela fica aparente durante o dia é porque o sol a ilumina e ela se revela aos nossos olhos – e então podemos vê-la.

 

2. Algum dia serão descobertos seres extraterrestres?

 

Em primeiro lugar diga para seus filhos que atualmente não há qualquer evidência de vida extraterreste fora da Terra, e que não há garantia de que um dia será encontrada. Destaque para eles que diversas pesquisas estão em andamento nesse sentido – e que eventualmente alguma delas é capaz de descobrir algo até então desconhecido.

 

3. Qual o peso da Terra?

 

A resposta para essa questão é bastante simples: tecnicamente a Terra não possui peso porque ela está gravitando ao redor do sol. Caso a criança já esteja em uma idade mais avançada, é possível discutir questões como a massa do nosso planeta – mas se você não sentir segurança para isso, deixe essa tarefa para a escola.

 

4. Como os aviões ficam no ar?

 

Talvez essa questão seja mais propícia para um professor de física, mas é possível explicar para os filhos que os aviões possuem motores bastante potentes que fazem-nos vencer a resistência do ar para decolar e depois continuar vencendo-a para permanecerem voando. Fale também que a aerodinâmica dos aviões também é importante para que isso aconteça.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]