[the_ad_group id="16403"]
Motivação

Cometi uma gafe… e agora?

Por Redação Doutíssima 18/06/2013

beleza-gafe-imagem-01g

Você é uma fábrica de cometer gafes? Comete de vez em quando? Raramente? Saiba como proceder nos momentos pós-constrangimento. Há vida depois de uma gafe!

Você parabenizou a “grávida” e ela estava só um pouquinho acima do peso? Falou mal de alguém com uma colega de trabalho e descobriu que os dois são próximos? Você perguntou se elas eram mãe e filha, mas na verdade elas são irmãs? Seu telefone tem um toque daquela música que você ama no volume máximo… e ele tocou numa reunião importante no trabalho?

images (1)

Saiba: Como se vestir para conhecer os sogros

Estes são alguns dos inúmeros exemplos de gafes cometidas no dia-a-dia. Das mais graves as mais simples, saiba que todas têm consequências (maiores ou menores), mas você pode se recuperar de uma gafe (e evitar cometê-las novamente no futuro).

  • Tenha noção do que você fez. Você disse ou fez algo que deixou alguém constrangido ou você desrespeitou a crença ou a opinião de alguém?  O segundo caso é mais grave, mas assuma que, nas duas situações, você cometeu um deslize.
  •  Não tenha medo de pedir desculpas. Talvez você não tivesse a intenção, mas mesmo assim você causou constrangimento a outros. Pedir desculpas é um ato de humildade e de aceitação do equívoco.
  • Use o deslize a seu favor! Analise o seu comportamento e use o seu momento pós-gafe como um aprendizado.
  •  Explicações, muitas vezes, pioram a situação. Você cometeu um deslize, desculpar-se é o suficiente.
  • Você cometeu a gafe, logo você é responsável por ela. Não coloque a culpa em terceiros. Isso não ajuda em nada.

shutterstock_123818677

Leia também: 6 Dicas para viver mais tempo

Depois de cometida a gafe, o ideal é refletir e amadurecer com ela. Tente ser mais discreto, não faça presunções sobre alguém sem antes ter certeza do que está falando. Seja tolerante com as opiniões e opções dos outros. O ideal é evitar cometer gafes, mas muitas vezes fazemos “sem querer querendo”. Então, perdoe-se! Todos estão propensos a cometer gafes, então devemos nos recuperar delas. Bola pra frente!

Fonte: Zerohora, Tudobox


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]