[the_ad_group id="16401"]
Sintomas de Gravidez

Gravidez de 9 semanas: conheça os sintomas do terceiro mês

Por Redação Doutíssima 18/06/2013

Quando a mulher atinge uma gravidez de 9 semanas pode se preparar para grandes mudanças. Esse é um período importante para a mãe e também para a criança, já que nessa época o bebê começa a se desenvolver. Por isso, é fundamental adotar alguns cuidados nessa etapa e ajudar que a gestação transcorra de forma tranquila.

 

Mudanças na mãe e no bebê

Há uma série de sinais que costumam aparecer quando se está com 9 semanas de gravidez. Embora raro, o sangramento é um deles. Muitas vezes não se trata de algo preocupante, mas é preciso consultar um médico para verificar se tudo está correndo bem – em alguns casos ele pode indicar gravidez ectópica ou até mesmo um aborto espontâneo.

gravidez-de-9-semanas-doutissima-istock-getty-images

Barriga de 9 semanas de gestação é quase imperceptível para a maioria das mulheres. Foto: iStock, Getty Images

Quando você está grávida de 9 semanas, é possível notar também que seus seios aumentam de tamanho. Algumas mulheres acham que o seu velho sutiã não cabe mais e, por isso, é importante comprar um de tamanho adequado. A aparência dos seios também fica diferente, com mamilos mais escuros. A futura mamãe ainda pode sentir um cansaço maior, enjoos frequentes e azia nessa fase da gestação.

 

Um sintoma menos comum nessa época são os famosos desejos atípicos. É preciso estar atenta porque isso pode ser um sinal de déficit de nutrientes – vale a pena consultar uma nutricionista e adequar sua dieta. As dores de cabeça e até mesmo enxaquecas são mais frequentes nessa fase, mas são normais e explicáveis em razão das mudanças hormonais do organismo.

 

Quanto ao bebê, em uma gravidez de 9 semanas ele sairá da fase embrionária para a fase fetal. Em geral nessa etapa eles estarão com 4,24 centímetros de comprimento, pesando cerca de 3 gramas. A maioria das características físicas serão perceptíveis, como cabeça, pernas e braços. Além disso, os músculos começam a funcionar por conta própria. O coração também deverá estar dividido em quatro câmaras separadas.

 

Embora os órgãos sexuais já estejam desenvolvidos, o médico ainda não será capaz de distingui-los. Isso é possível apenas durante o segundo trimestre.

 

Cuidados durante a gravidez de 9 semanas

Se tiver mais de 35 anos de idade ou ter um histórico familiar de uma doença genética, como fibrose cística, considere submeter-se a alguns testes genéticos. Converse com seu médico sobre a necessidade de realizar exames pré-natais, já que alguns deles são capazes de detectar anomalias cromossômicas e doenças genéticas com bastante precisão.

 

Vale a pena ainda investir na qualidade de sono. Muitas vezes se você não está conseguindo dormir bem durante a noite é porque não encontrou uma posição confortável – ou está indo com frequência ao banheiro. Caso tenha muitas dificuldades, considere alterar a posição de sono e realizar algumas mudanças na dieta.

 

Aliás, as mudanças na alimentação são bastante importantes não apenas para a qualidade do sono. Um estudo feito por pesquisadores noruegueses do Norwegian Mother and Child Cohort Study indica que a cafeína, por exemplo, reduz o peso ao nascer dos bebês e aumenta o risco dele ser menor.

 

Os bebês com pesos mais baixos ao nascer têm um risco aumentado de diabetes, pressão arterial alta e doenças cardíacas na vida adulta.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]