[the_ad_group id="16401"]
Guia dos Dentes

Descubra quando o mau hálito pode ser um problema de saúde

Por Redação Doutíssima 02/07/2013

Uma verificação rápida do odor que sai da sua boca pode livrar você não apenas de uma situação social inadequada: é capaz de salvar até mesmo sua vida. É que o mau hálito pode ser um sintoma relacionado a vários problemas de saúde, incluindo o câncer. Seja qual for a causa, é algo que não deve ser ignorado.

Causas do mau hálito

O mau hálito, clinicamente chamado de halitose, pode resultar de hábitos de saúde dental ruins e ser um sinal de outros problemas de saúde. É possível agravá-lo conforme os tipos de alimentos que você ingere ou outros hábitos de vida pouco saudáveis.

Bactérias produtoras de odor da boca, especialmente na parte de trás da língua, são a origem mais comum. Dependendo da fonte ou da causa subjacente, o tipo de odor pode ser diferente.

Muitas pessoas se preocupam com a respiração mesmo tendo pouco ou qualquer odor na boca, enquanto outras têm hálito ruim e sequer sabem disso. Pois de acordo com a Academy of General Dentistry, mais de 80 milhões sofrem de halitose crônica.

Se a causa está relacionada a maus hábitos de higiene, simples mudanças na rotina são capazes de resolver esse problema. Mas quando a melhora não é vista, é preciso buscar ajuda médica. Um teste de hálito é capaz de detectar câncer de estômago em seus estágios iniciais, de acordo com um estudo publicado na revista Gut.

Além disso, o diabetes não tratado é outra doença capaz de tornar a pessoa mais suscetível a doenças da gengiva e boca seca. Quando os níveis de açúcar no sangue não estão estabilizados, o corpo enfraquecido não é capaz de combater bactérias que podem causar infecções – dentre as quais as que prejudicam as gengivas.

mau hálito

Nem sempre o mau hálito é causado pela falta de higienização. Foto: iStock, Getty Images

Como tratar esse problema

Se o problema é causado por acúmulo de placas ou doença periodontal, uma limpeza profunda pode resolver o problema. Verifique ainda a existência de problemas médicos subjacentes.

Procure mudar alguns hábitos antes de procurar ajuda médica, verificando se o hálito melhora. Confira alguns cuidados essenciais:

  • Escove seus dentes pelo menos três vezes ao dia e use fio dental diariamente. Faça também a limpeza da língua
  • Consuma pelo menos oito copos de  água diariamente. Isso vai manter sua boca úmida, o que é importante porque a saliva ajuda a lavar restos de comida nos quais bactérias nocivas podem prosperar
  • Corte o café e o álcool, que secam sua boca. Evite também alimentos gordurosos e produtos lácteos, capazes de alterar a acidez favorecer um crescimento excessivo de bactérias
  • Saiba que drogas às vezes pode contribuir para hálito desagradáveis, inibindo o fluxo de saliva e ressecando a boca. Antidepressivos, anti-histamínicos, descongestionantes, diuréticos, medicamentos para pressão arterial alta e analgésicos são alguns deles
  • Consulte seu dentista regularmente – pelo menos duas vezes por ano. Ele irá realizar um exame oral, a limpeza dos dentes profissional e será capaz de detectar e tratar a doença periodontal ou outros problemas que podem ser a causa do odor bucal ruim.

E você, já sofreu com o mau hálito? Como superou o problema? Deixe um comentário. Também aproveite para conhecer o Fórum de Discussão Doutíssima e ver mais dicas! Clique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]