[the_ad_group id="16403"]
Guia dos Dentes

Tratamento de canal: dúvidas, mitos e curiosidades

Por Redação Doutíssima 03/07/2013

cárie-5

Quando se fala em ir ao dentista, por mais simples que seja o motivo, já começa um pânico; muitas dúvidas vem à cabeça, o medo do preço do tratamento, se vai doer ou não… mas tudo isso fica muito mais petrificante quando descobrimos ou mesmo suspeitamos que precisamos fazer um tratamento de canal. Tire todas as suas dúvidas agora mesmo!

canal-3

O que a crendice popular nos conta sobre o tratamento de canal:

  1. Não adianta fazer o tratamento de canal que o dente vai ficar fraco e vai cair mesmo, faz logo uma prótese ou um implante dentário;
  2. O dentista da uma agulhada bem no meio do dente e dá uma dor muito forte que dói até o cérebro;
  3. É melhor colocar só um curativo e tomar remédio que vai passar;
  4. Quando faz tratamento de canal o dente escurece ou muda de cor e não tem mais jeito.

São várias as histórias que a mãe conta pro filho… que conta pra vizinha… que conta pro irmão do tio, de um primo da filha, da prima de um amigo. E para escaparmos dessas informações que só vão fazer a dor aumentar e que podem realmente fazer com que o paciente venha a perder o dente, precisamos conhecer um pouco mais sobre o tratamento de canal.

canal-1

Todo dentista, devidamente formado, está preparado (ou deveria estar) para realizar o tratamento de canal mas é importante procurar alguém que tenha uma boa experiência na técnica ou que possua uma especialidade na odontologia que se chama: Endodontia.

Saiba mais: Como cuidar da saúde bucal do seu bebê

Como saber se preciso fazer um tratamento de canal?

Infelizmente não há uma forma de saber se precisa ou não fazer canal, a não ser indo ao dentista que fará todos os testes clínicos necessários e um raio – x do dente para poder ter certeza da necessidade de fazer canal e poder precisar o grau de complexidade do mesmo.

canal-2

Como é o tratamento de canal?

  • É praticamente Indolor.
  • Bastante confortável para o paciente.
  • Muitas clínicas dispõem de música para relaxar, televisão com seus programas favoritos para distrair.
  • Anestesias realmente eficazes e de rápida ação.
  • Sedação (seja por meio de comprimidos ou por gases que inalados pelo paciente, causa uma sensação de relaxamento).
  • Técnicas diferenciadas como é o caso da acupuntura e a hipnose que podem ser fortes aliados ao combate da ansiedade e da dor.

O ideal é ter os cuidados necessários para não precisar chegar ao nível de arrancar um dente ou fazer tratamento de canal mas se isso, um dia, for necessário, precisamos de uma intervenção o mais rápido possível por um dentista, evitar a automedicação, bem como, ter o cuidado de escolher um profissional competente e capacitado para realizar o procedimento de tratamento de canal.

assinatura_DR_DIEGO-LINS4


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]