[the_ad_group id="16401"]
Guia dos Dentes

Ajude seu filhote na dor de dente

Por Redação Doutíssima 26/08/2013

    cri-5

 

Muitos pensam que somente os adultos tem dor nos dentes mas infelizmente, muitas crianças tem dor nos dentinhos de leite ou mesmo nos dentes permanentes em formação e na maioria dos casos que chegam no consultório, os pais fazem totalmente o contrário do que deveriam fazer para resolver o problema e normalmente, só pioram. E é para lhes ajudar nessa difícil jornada que hoje vou dar algumas dicas para que você ajude seu filhote na dor de dente.

cri-1

O primeiro ponto é verificar se a dor é mesmo de dente. Tente olhar se seu filho não se bateu ou se pode ser uma dor na garganta ou mesmo ter mordido a língua. Com algumas dores a criança não vai querer falar ou vai chorar,soluçar, gritar e você precisar estar calmo para saber como controlar a criança e tentar tirar as informações dela.

cri-2

Se você realmente perceber que a dor é de dente, o primeiro passo é verificar com seus contatos uma consulta de emergência com um dentista. Enquanto isso, você precisa entender algumas coisas:

As principais causas de dores dentais em crianças são:

– A cárie dentária.

– Dentes nascendo.

– Alimentos presos entre os dentes da criança.

– Dentes quebrados por traumas.

– Dentre outros.

cri-4

Como resolver o problema até chegar no dentista:

 Alguns casos melhoram com água quente e outros com água gelada. Faça a criança provar das duas e ver qual que faz melhor efeito.

– Quando o problema é na gengiva inflamada, uma colher de sal diluída em água morna melhora na mesma hora.

– Não deixe a criança comer nada, muito menos doce.

–  Dizer para seu filho não encostar um dente no outro. Caso ele encoste, vai piorar a dor.

– É importante distrair a criança com livros, filmes ou música até que consiga ir ao dentista ou no caminho para o dentista.

– Você pode usar os analgésicos normais como os usados para dor de cabeça para aliviar a dor do seu filho. Não esqueça que remédio de criança não é o mesmo de adulto partido no meio. Dê preferência para medicamentos que calculam peso e distribuem em gotas.

cri-3

Com essas dicas você poderá resolver o problema temporariamente ou definitivamente. Se a dor passar e for alguma causa simples, você pode ficar de olho e caso não se repita, você está de parabéns por ter agido de forma rápida e precisa. Se a dor persistir, leve a algum dentista o mais rápido possível.


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]