[the_ad_group id="16403"]
Clínica Geral

Por que bate aquela fome quando estamos tristes?

Por Rafaela Monteiro 09/10/2013

 

Por que algumas pessoas sentem mais fome quando estão tristes? O que acontece com nosso corpo que nos momentos de tristeza, angústia ou frustração sentimos aquela louca vontade de comer uma deliciosa guloseima?  Sabemos que a fome é uma sensação fisiológica do corpo que acontece quando a falta de nutrientes é detectada. Por isso, é um processo natural dos seres vivos.

 

Nosso cérebro

Na superfície medial do cérebro encontramos o sistema límbico, que é a unidade responsável pelas emoções e também pelo prazer. A serotonina é uma substância chamada de neurotransmissor e existe naturalmente em nosso cérebro atuando no sistema límbico. A serotonina serve para conduzir a transmissão de uma célula nervosa (neurônio) para outra. Os antidepressivos são drogas que aumentam o tônus psíquico melhorando o humor. Acredita-se que o efeito antidepressivo se dê às custas de um aumento da disponibilidade de neurotransmissores no Sistema Nervoso Central, notadamente da serotonina.

De modo geral a serotonina regula o humor, o sono, a atividade sexual, o apetite, o ritmo circadiano, as funções neuroendócrinas, temperatura corporal, sensibilidade à dor, atividade motora e funções cognitivas. A vontade de comer doces e a sensação de já estar satisfeito com o que comeu (saciedade) dependem de uma região cerebral localizada no hipotálamo. O efeito da serotonina nessa região é altamente específico apenas para os hidratos de carbono, necessitando de outros co-fatores centrais e periféricos para agir sobre os outros alimentos, como as proteínas e lípides.

 

 

Dessa forma, com taxas normais de serotonina a pessoa sacia-se mais facilmente e inibe mais facilmente a ingestão de açúcares, sente-se satisfeita com mais facilidade e tem maior controle da vontade de comer doce. Porém, quando há diminuição da serotonina, como ocorre na tristeza e na depressão, a pessoa pode ter uma vontade maior de comer. Por isso os medicamentos que aumentam a serotonina estão sendo cada vez mais utilizados nas dietas para perda de peso. A própria fluoxetina, usada para o tratamento da depressão através do aumento da serotonina, também costuma proporcionar maior controle da fome (notadamente para doces).

 

Sensações

Quando comemos o nosso cérebro libera sensações como saciedade, bem-estar e relaxamento. Quando os alimentos são ricos em carboidratos e açúcares, a intensidade dessas sensações de bem-estar é maior e torna o prazer pelo ato de comer ainda mais intenso. Por isso, os alimentos ricos em calorias ingeridos quando nos sentimos tristes, nos dão tanto prazer e tamanha sensação de bem estar.


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]