doutor

 

Emocionante: nosso oncologista fala de seus anos de experiência e sobre o que ele aprendeu com seus pacientes. Confira!

Por dr. Bruno Pozzi:

Esse vai ser um post diferente. Em vez de explicar coisas sobre o câncer, vou colocar o que eu aprendi com meus pacientes:

– Aprendi que devo tentar manter meu humor mesmo nas horas mais difíceis. Eu sei que nem sempre consigo, mas tudo se resolve melhor quando se tem um sorriso no rosto

– Aprendi que devo ser perseverante, mesmo quando as pessoas à sua volta te dizem que as coisas irão dar errado

– Aprendi que devo lutar pelo sucesso, mesmo quando as chances dele ocorrer sejam “oncológicas”

– Aprendi que os problemas que vivemos no dia a dia, nossas briguinhas, nossos egos, nossas ambições frustradas, são obstáculos ínfimos à nossa felicidade. A maioria de nós não sabe o que é viver com um problema de verdade.

– Aprendi que pessoas em situações muito piores que a minha (financeira, psicológica, social) podem e fazem o bem de maneiras que eu nunca imaginaria. Que podem se doar sem esperar nada em troca, mas mesmo assim são recompensadas com gratidão e paz de espírito

– Aprendi que posso ser sereno mesmo vendo crises e turbulências no meu caminho

– Aprendi a curtir a vida, pois a qualquer momento ela pode nos dar uma rasteira. Quero olhar para trás e não ter arrependimentos.

– E por último, aprendi que devo ser humilde. Por mais importantes que possamos vir a ser, no fim somos criaturas muito frágeis, e dependemos uns dos outros para sermos felizes, especialmente nos momentos atribulados.

Oncologia é uma aula de humildade.

Ainda não leu?

Risco de câncer de mama pode ser prevenido na puberdade

Falando Sobre Oncologia

13 Alimentos que ajudam a combater o câncer

Mitos e verdades sobre o câncer de mama

É possível engravidar depois de ter vencido a luta contra o câncer?

Você acha que há vida depois do câncer?

Como evitar o câncer de pele