[the_ad_group id="16401"]
Guia dos Dentes

Escova dental do futuro

Por Redação Doutíssima 14/11/2013

escde-1

São várias as pesquisas direcionadas aos produtos ligados à higiene dental diária. Uma delas, publicada em vários sites, inclusive o Enzine, fala de um protótipo de uma escova dental que não mais trabalharia com as pastas dentais comuns e sim com um sistema químico que utilizaria da energia solar para realização dos controles de limpeza bucal. A escova une tecnologias bem inovadoras e com isso, provavelmente, um valor agregado maior que o normal para uma escova dental. Quem sabe poderemos tê-la em todas as nossas casas, em um futuro próximo e com um custo mais popular. Vamos ver o que o artigo nos mostra:

“Essa escova dental poderia tornar obsoleto o uso de sua pasta de dental, graças a uma reação química que exige a utilização da energia solar.

O primeiro modelo foi descrito pelo Dr. Kunio Komiyama, há 15 anos, no ” Journal of Clinical Periodontology “. O pescoço da escova, que se liga à haste, inclui um dióxido de titânio, bem abaixo das cerdas de nylon. O sistema funciona quando a luz atinge a haste que está molhada, liberando elétrons. Estes elétrons reagem então com o ácido na boca, o que contribuiu para a ruptura de placas dentárias que em um futuro poderiam comprometer a cavidade bucal por problemas com o tártaro. Com a concepção de um modelo mais recente, SOLADEY – J3X, o professor indica que a eficiência do processo químico foi multiplicado por dois em relação ao seu antecessor, descrito anteriormente. Salientes a partir da base, as células solares transmitem elétrons para o topo da escova dental por meio de um fio condutor.

O problema até então é que para a utilização da escova dental com eficiência, a escovação precisa ser executada na presença de muita luz solar, quase a mesma quantidade utilizada em uma calculadora solar.

escd-2

A empresa japonesa Shiken vai investir financeiramente nesta maneira de determinar se a escovação por reação química dá uma melhor eliminação da placa e resultados melhores ou iguais quando comparado com a escovação convencional com a utilização da pasta dental.”

Trata-se de uma tecnologia mais complexa quando comparada com uma haste de plástico ou acrílico com algumas cerdas. São projetos visionários que mesmo não dando certo no que diz respeito à sua aplicabilidade no dia-a-dia, vão deixar novos conhecimentos que poderão fazer mudanças benéficas em um futuro próximo.

Em breve eles conseguiram algum outro tipo de energia para fazer a mesma modificação química e poderão excluir a necessidade de escovar os dentes embaixo do sol( 🙂 ).

 

 


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]