[the_ad_group id="16401"]
Guia dos Dentes

Mitos e verdades sobre a odontologia

Por Redação Doutíssima 18/11/2013

verdade-2

Dessa vez vou mudar um pouco a nossa conversa sobre os mitos e verdades da odontologia pois achei um artigo bem interessante no blog da sorridents desvendando alguns mitos e verdades que mostram que essas dúvidas na verdade são da população mundial e não somente dos brasileiros. Eles falam que: “um estudo científico que reúne às conclusões de vários outros estudos sobre o mesmo tema : pesquisadores da Universidade Tufts, nos Estados Unidos, desmascaram mitos comuns sobre a saúde bucal e dental e descrevem como a alimentação afeta a saúde em crianças, adolescentes,gestantes, adultos e idosos.

Mais açúcar significa mais deterioração dos dentes e cáries

Não é a quantidade de açúcar que você come, é a quantidade de tempo que o açúcar fica em contato com os dentes que importa.

“Alimentos como doces de dissolução lenta e refrigerantes ficam na boca por períodos de tempo maiores. Isso aumenta o tempo que os dentes ficam expostos aos ácidos formados dos açúcares pelas bactérias orais,” diz Palmer.

Algumas pesquisas mostram que os adolescentes obtêm cerca de 40 por cento do seu consumo de carboidratos dos refrigerantes. Esse uso constante de bebidas aumenta o risco de cárie dentária.

Refrigerantes sem açúcar e bebidas ácidas, como limonada, muitas vezes são considerados mais seguros para os dentes do que as bebidas açucaradas, mas também podem contribuir para a desmineralização do esmalte do dente se consumidas regularmente.

verdade-3

Nas crianças pequenas, não há problema em perder dentes por cárie

É um mito comum que os dentes das crianças perdidos devido a cáries são algo de menor importância porque os dentes de leite iriam cair de qualquer jeito.

Palmer observa que a cárie dentária em dentes de leite pode resultar em danos para o desenvolvimento das coroas dos dentes permanentes em desenvolvimento abaixo deles.

Se os dentes de leite forem perdidos precocemente, os dentes permanentes podem surgir mal posicionados, exigindo ortodontia mais tarde.

A osteoporose afeta somente a espinha e ossos dos quadris e pernas

A osteoporose também pode levar à perda de dentes. Os dentes são mantidos na mandíbula pelos ossos da face, que também podem ser afetados pela osteoporose.

“Assim, a mandíbula também pode sofrer as consequências de uma dieta pobre em nutrientes essenciais como cálcio e vitaminas D e K,” diz Palmer.

“A mandíbula, gengiva, lábios e palato mole e duro são constantemente repostos ao longo da vida. Uma boa dieta é necessária para manter a boca e as estruturas de apoio na forma ideal,” complementa.”

verdade-1

Esse artigo foi bem interessante e mostrou que às dúvidas e mitos populares estão por todo lado e são recorrentes. Cabe aos pacientes conversar com seu dentista e tirar suas dúvidas para não se prejudicar com a falta de conhecimento.


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]