Filhos

6 Quartos de bebê para você se inspirar

Por Redação Doutíssima 27/11/2013

Um dos momentos preferidos dos novos papais e mamães antes do nascimento do bebê é decorar o quartinho. Todos os detalhes são uma fofura: desde o enxoval até os bichinhos de pelúcia. Mas antes de sair comprando tudo o que vê pela frente, você pensa: onde vou guardar tudo isso? É melhor colocar o pé no freio. No entanto, existem soluções bonitas e criativas para a falta de espaço. Um time de profissionais mostra como deixar o quarto de bebê um encanto, mesmo se o espaço for pequenininho.

A especialista Marise Campo trabalha há 25 anos assessorando pais e mães na compra do enxoval e organizando o quarto de bebês. Sua primeira dica é comprar o que realmente é necessário. “Uma vez uma cliente me contou que não usou 50 roupas que comprou para o filho. É uma fase que passa muito rápido”, avalia.

Marise acredita que, para não errar na escolha da posição dos objetos e mobiliários no quarto, o ideal é pedir a consultoria de um arquiteto. Mas indica que as mães façam as escolhas, principalmente das cores, de acordo com o gosto delas, porque vão passar muito tempo nesse ambiente da casa.

“O rosa continua o campeão na preferência para os quartos de menina, em tons mais suaves, combinado com o branco. “O verde acqua e o bege (nude) também estão entre as cores preferidas. Em relação ao quartinho dos meninos, as cores predominantes são: azul, azul-marinho, verde acqua e, em alguns casos, o amarelo”, diz.

Para a arquiteta Letícia dos Santos, na concepção de quartos de bebê é importante sempre ter em mente a funcionalidade. “Deve-se entender e facilitar a rotina gerada pelos cuidados que se farão necessários. No quarto compacto, deve-se priorizar a localização de elementos fundamentais, como berço e trocador. E aproveitar, com criatividade, todo o espaço que for possível, para acrescentar armários, gavetas, prateleiras e nichos”. Ela também recomenda escolher tecidos e cores suaves, estampas leves e delicadas.

Existem opções de mobiliário que permitem o aproveitamento do quarto mesmo com o crescimento da criança. Por exemplo, a escolha do berço reversível pode ser a mais indicada para quem não quer se incomodar tão cedo com a redecoração do quarto da criança, pois depois de utilizada como cômoda, bicama e berço, se transformará em cama (padrão adulto), bicama e um criado mudo.

Essa fase é realmente uma delícia, não é mesmo? Sabendo disso, o Doutíssima preparou uma galeria de fotos com 6 Quartos de bebê para você se inspirar! Confira!


Sites parceiros