[the_ad_group id="16401"]
Guia dos Dentes

Tratamentos naturais para seu bebê

Por Redação Doutíssima 02/12/2013

bb-5

Estou me interessando cada vez mais pelos tratamentos naturais para a resolução de problemas leves na cavidade bucal. Alguns sites na internet, específicos para o assunto, estão com boas idéias para ajudar os pacientes que preferem a medicina natural que a medicamentosa. Peguei algumas receitas caseiras no site tua saúde que possui uma variedade grande de possibilidades. Não estou aqui para avaliar se é bom ou ruim para a cavidade bucal mas sim para mostrar novas formas de pensar e ampliar nossas possibilidades. Vamos ao artigo sobre as receitas caseiras para pequenos problemas bucais nos nossos bebês.

bb-1

“Gengivinhas inflamadas do bebê:

Para diminuir o incomodo das gengivas inflamadas e inchadas do bebê, uma solução natural e simples é dar para ele uma maçã ou cenoura frias, cortadas em formato grande para que não engasgue de maneira a que ele consiga segurar, embora isso deva ser feito sob vigilância. Outra solução será deixá-lo roer um anel de dentição apropriado que se pode comprar em qualquer farmácia.

Quando começa a erupção dos dentes do bebê, a gengiva fica mais vermelha e inchada, provocando incômodo ao bebé, que reage geralmente ficando irritadiço, chorão e mal-humorado. O frio naturalmente reduz a inflamação e o inchaço das gengivas, diminuindo o mal-estar provocado pela erupção dos primeiros dentinhos do bebê.

O sapinho em bebê são pequenos pontos brancos que podem se confundir com restos de leite na boca do bebê. Esta infecção na boca é causada por um fungo chamado Candida albicans que pode afetar facilmente bebês com menos de 6 meses de idade porque normalmente têm a imunidade mais baixa estando mais sensíveis ao aparecimento do sapinho.

O bebê recém-nascido pode contrair sapinho logo no momento do parto por contato com o canal vaginal da mãe ou por contato com objetos mal lavados como mamadeiras ou chupetas. O uso de antibióticos pode ser outra causa do desenvolvimento do sapinho, pois altera a flora bucal favorecendo o crescimento do fungo que habita normalmente esta região.

bb-3

Tratamento para o sapinho em bebê:

O tratamento para o sapinho em bebê pode ser feito com aplicação de um antifúngico em forma de creme, como a nistatina ou o miconazol, na região infectada. Se o sapinho do bebê alcançar o esófago pode ser necessário recorrer à toma de antifúngicos orais.

Para evitar o sapinho no bebê é importante lavar as mãos antes de mexer no bebê, não beijar na boca, esterilizar chupetas, mamadeiras e talheres.

A aplicação de um creme antifúngico nos mamilos da mulher que amamenta é uma forma de tratamento para evitar e que a candidíase passe do seio da mãe para o bebé.

Sintomas do sapinho em bebê

Os sintomas do sapinho em bebê são pequenos pontos brancos que podem formar placas semelhantes a resto de leite, que surgem na língua, gengiva, parte interna das bochechas, céu da boca e lábios.

bb-4

Nos casos em que a infeção chega na garganta e esófago pode haver dor, dificuldade em engolir e inchaço da garganta que causa irritação do bebê e perda de apetite. Pode surgir também febre, acima dos 38º, o que indica um caso de infecção mais grave.

O sapinho nos bebês pode aparecer também nas unhas e nas dobras da pele.

Sempre que estes sintomas apareçam no bebê, o pediatra deve ser contatado para avaliar a situação e ver o melhor tratamento.

O sapinho nos bebês corresponde à candidíase oral nos adultos. “


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]