[the_ad_group id="16401"]
Guia dos Dentes > Planos de Saúde

Ter ou não um plano de saúde dental

Por Redação Doutíssima 04/12/2013

o-1

Quando falamos de atendimento dental, precisamos entender que é de fundamental importância para o paciente a escolha de um bom dentista que vai lhe acompanhar por uma boa parte de sua vida. O atendimento odontológico pode ser de forma particular ou vinculada a um plano de saúde dental. Quando o atendimento é feito pelo plano de saúde dental é preciso observar uma série de fatores para poder escolher um bom plano que vá lhe propiciar um atendimento com um bom dentista.

O plano médico no Brasil é “obrigatório” devido às péssimas condições da saúde pública e os altos preços de procedimentos particulares. Na odontologia, os pacientes tem uma cultura de atendimento particular e quando têm um plano de saúde dental é dado pela empresa que trabalha ou algum familiar que teve bons resultados com o plano.

o-3

Acredito que as duas opções são viáveis e cada pessoa pode fazer sua escolha de acordo com a sua necessidade e realidade tanto financeira quanto de necessidades clínicas. Atualmente os planos de saúde odontológicos podem ser feitos por grandes empresas ou pelas próprias clínicas odontológicas que possuem planos odontológicos próprios.

o-2

Quando se pensa em atendimento direto com a clínica de forma particular ou com planos dados pelas próprias clínicas, o paciente tem contato direto e palpável com relação aos pagamentos ou possíveis reclamações e isso facilita o dia-a-dia. As grandes empresas de planos de saúde dental tem suas estruturas físicas com um acesso mais difícil e o relacionamento se resume ao correio, telefone ou internet. Isso pode causar problemas se a empresa dificultar em algum procedimento ou pagamento.

o-4

Quando o atendimento é particular, são várias as opções de parcelamento e utilização de máquina de cartão em várias parcelas. Para os procedimentos mais caros já existe um sistema de financiamento próprio para procedimentos como colocação de implantes e próteses em porcelana ou qualquer outro procedimento mais caro. Além disso, é um sistema mais fácil de reclamar e ter seus direitos respeitados.

Seja pelo sistema particular direto ou por intermédio de um plano de saúde, você deve ir ao dentista regularmente e fazer os tratamentos de forma comprometida, é sua saúde  que está em risco. Quanto maior a prevenção menor os gastos e o sofrimento com dor ou idas e vindas ao dentista. Fico feliz ao perceber que a procura e a busca pela estética dental está cada vez mais associada a uma preocupação pela saúde bucal e isso é vital.


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]