[the_ad_group id="16401"]
Sem categoria

Conheça 6 alimentos que podem diminuir o colesterol

Por Redação Doutíssima 15/12/2013

A dieta pode desempenhar um papel importante na redução dos níveis de colesterol. Enquanto alguns alimentos são prejudiciais e podem colocar o seu organismo em alerta, outros contam com nutrientes fundamentais para manter o funcionamento do corpo em dia. O segredo é saber escolher – e nas quantidades certas.

Alimentos ajudam no combate ao colesterol

Uma dieta equilibrada é capaz de ajudar a evitar que os níveis de colesterol sejam um problema. Afinal, quando muito elevado, ele aumenta os riscos de doenças cardíacas e acidente vascular cerebral. Conheça alguns alimentos que podem auxiliar a mantê-lo em taxas adequadas:

  • Aveia

Garantir o consumo de duas porções de aveia em seu café da manhã pode reduzir os níveis de LDL (ou colesterol ruim, como é popularmente conhecido) em seis semanas. Esse alimento contém betaglucana, substância que absorve o LDL e o libera em seguida.

  • Vinho tinto

Cientistas estão nos dando mais um motivo para beber vinho. As fibras das uvas vermelhas, usadas na produção, podem ter efeito significativo na redução dos níveis de colesterol. É o que indica um estudo da Universidade de Madrid, da Espanha. Segundo ela, indivíduos que consumiram a bebida conseguiram reduzir os níveis de LDL em até 9%.

  • Salmão

Segundo pesquisa da Universidade Loma Linda, dos Estados Unidos, substituir gorduras por ômega 3, encontrado no salmão, é capaz de aumentar o colesterol bom em cerca de 4%.

  • Nozes

Em um estudo publicado pelo American Journal of Clinical Nutrition, pessoas que consumiram nozes seis dias por semana, durante um mês, reduziram seu colesterol total em 5,4% e o LDL em 9,3%.

  • Feijão

Pesquisadores da Arizona State Polytechnic University, dos Estados Unidos, descobriram que a adição de meia xícara de feijão na alimentação reduz os níveis de LDL em até 8%. Mais uma vez, esse efeito mágico é atribuído às fibras abundantes do alimento.

  • Chocolate

Em um estudo publicado na revista AJCN, os participantes que receberam cacau em pó tiveram aumento de 24% nos níveis de HDL (o chamado bom colesterol) ao longo de 12 semanas. Foi um aumento mais significativo do que o obtido pelo grupo de controle, que não ultrapassou os 5%.

O vinho tinto é bom para o colesterol

Uma dose moderada de vinho pode ajudar a melhorar o colesterol. Foto: iStock, Getty Images

O que você deve evitar

Da mesma forma que alguns alimentos podem ajudar a melhorar a saúde e os níveis desse tipo de gordura no sangue, outros têm efeito contrário. Mesmo magra, a carne vermelha costuma ser rica em gordura saturada, por exemplo.

Isso não quer dizer que você precise abandonar esse alimento, mas apenas diminuir o seu consumo ou substituir por alternativas como a carne branca (frango ou peixe, que são mais leves).

Caso opte pelo frango, tenha atenção ao modo de preparo – que pode fazer uma grande diferença. Uma coxa de franco com pele tem mais gordura do que um copo de sorvete ou hambúrguer – logo, você deve retirá-la. Evite ainda fast foods e alimentos industrializados, famosos por seus altos índices de gordura. Dê preferência a frutas, verduras e legumes.

E você, como controla a sua dieta? Deixe seu comentário! Também aproveite para conferir outras dicas de alimentação que o Doutíssima traz para você.


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]