[the_ad_group id="16403"]
Medicamentos

5 Remédios para azia que realmente funcionam

Por Redação Doutíssima 03/01/2014

aziagravidezAzia

Se o refluxo ácido, conhecido como azia, está transformando o seu peito e garganta em uma zona quente, apague o fogo com estas soluções recomendadas pelos médicos.

Antiácidos e Bloqueadores de H2

Melhor para: Azia ocasional pós-refeição.

Como funcionam: A azia ocorre quando o ácido do estômago digestivo migra para o esôfago, o tubo que liga a garganta ao estômago. (O ácido no esôfago, consequentemente, reflui para o estômago). Antiácidos como Tums e Maalox oferecem de 30 a 40 minutos de alívio, pois neutralizam a acidez, enquanto os bloqueadores H2, como Pepcid e Zantac, aliviam a azia por seis a oito horas, reduzindo a produção de ácido. Quando tomados no início dos sintomas, os dois tipos de medicamentos precisam de cerca de 15 minutos para funcionar, diz Lauren Gerson, professora-associada de gastrenterologia da Universidade de Stanford. Os antiácidos são oferecidos na forma de comprimidos mastigáveis ou líquidos, são mais baratos e bons para o tratamento de sintomas leves; já os H2 são pílulas que podem funcionar melhor para casos um pouco mais graves. Gerson sugere que você comece com antiácidos e, se os sintomas persistirem, passe para o H2.

É bom saber: Ingerir um antiácido ou H2 antes de comer alimentos suspeitos pode ajudar a prevenir a azia. As gorduras são as culpadas comuns: elas provocam o relaxamento da válvula muscular entre o esôfago e o estômago, chamada de esfíncter esofágico inferior (LES), permitindo que o ácido vaze. Grandes refeições também podem significar problemas. Elas dilatam o estômago, o que coloca uma pressão de indução do refluxo no LES. Nenhum medicamento à mão? Experimente chiclete. De acordo com um estudo publicado no Journal of Dental Research, mascar chiclete por meia hora, imediatamente após as refeições, reduz os níveis dos ácidos e azia. “O chiclete aumenta a saliva, que, enquanto você engole, limpa e neutraliza os ácidos”, diz a co-autora do estudo Rebecca Moazzez, Ph.D., palestrante e consultora na King’s College London Dental Institute. Opte por um sem açúcar para ajudar na prevenção de cáries, e evite sabores mentolados, que podem, em algumas pessoas, relaxar o LES e agravar o problema.

azia

Travesseiro Antirrefluxo

Melhor para: Azia no meio da noite.

Como funciona: O ácido flui facilmente quando você está na horizontal. Assim, para algumas pessoas, especialmente aquelas com um LES muito relaxado, a azia é um problema persistente na hora dormir. Um travesseiro antirrefluxo, projetado especialmente para azia, mantém a cabeça e o tronco para cima em um ângulo e utiliza a gravidade para manter o ácido do estômago onde ele deve permanecer. (A inclinação será diferente, dependendo da marca.)

É bom saber: Você também pode elevar a cabeceira da sua cama, colocando madeira ou blocos de cimento de 6 a 10 polegadas sob as duas pernas da armação da cama. Abdicar de bebidas alcoólicas antes de dormir e rejeitar trufas de chocolate também pode ajudar: álcool e chocolate podem piorar a azia, relaxando o LES. E espere pelo menos duas a três horas após a última refeição do dia antes de ir para a cama.

azia (1)

Atingir um peso saudável

Melhor para: Azia frequente que não responde bem aos medicamentos.

Como funciona: “O excesso de peso pode provocar alterações hormonais, o que poderia levar a azia,” diz Gerson. Também pode causar um tipo de hérnia que pode permitir que o ácido flua para cima. Um estudo recente publicado na revista Obesity relatou que 81 por cento dos participantes de programas de perda de peso experimentaram uma redução nos sintomas da doença de refluxo grastroesofágico, incluindo azia. Quanto mais quilos perdidos, maior a melhora.  Sessenta e cinco por cento disseram que seus problemas gastroesofágicos desapareceram completamente.

É bom saber: Concentre-se em comportamentos saudáveis, como comer refeições menores e reduzir gorduras. Além de levar ao ganho de peso, o excesso de gorduras aumenta o risco de azia. E também considere o seguinte: fumar agrava a azia.

 

Inibidores da Bomba de Prótons (IBPs)

Melhor para: Azia pós-refeição crônica.

Como funcionam: Estes medicamentos vendidos em farmácias, como Prilosec e Prevacid, são tomados todos os dias, independentemente do que você come, e diminuem os níveis de ácido do estômago pontualmente, diz Bernard Aserkoff, gastroenterologista no Massachusetts General Hospital, em Boston. Então IBPs são uma boa alternativa para aqueles que, por outro lado, precisam tomar mais de 12 antiácidos na maioria dos dias da semana (o que pode levar à diarreia ou prisão de ventre).

É bom saber: Os IBPs interferem na absorção de cálcio e doses elevadas durante um longo período de tempo podem aumentar o risco de osteoporose. Comece tomando-os por apenas duas semanas. Se a azia voltar depois disso, vá ao médico antes de continuar com doses adicionais.

 

Cirurgia

Melhor para: Azia grave ou crônica.

Como funciona: Se a azia está afetando sua qualidade de vida, este é um procedimento de uma ou duas horas, chamado fundoplicatura, que aperta o LES, assim ácido não pode fluir de volta.

É bom saber: O LES pode afrouxar novamente com o tempo. Mais da metade dos pacientes ainda precisa de IBPs pós-cirurgia. É uma opção de último recurso, e uma noite no hospital é necessária.

 

Espero que tenha ajudado você!


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]