[the_ad_group id="16401"]
Gestante

Manual da gestação após os 35 anos

Por Redação Doutíssima 10/01/2014

gravidez-tardiaMuitas mulheres têm o sonho de alcançar a independência econômica e o sucesso profissional antes de começar uma família. Em busca desses sonhos, é muito comum que as mulheres adiem a gravidez por um longo tempo. Esse fenômeno é muito recorrente na atualidade. A gravidez está acontecendo cada vez mais tarde e milhares de mulheres tentam engravidar pela primeira vez depois dos 35 anos. E muitas mulheres também têm o medo da gestação quando estão perto dos 40 anos. As taxas de gravidez de risco aumentam na gestação após os 35 anos. Para engravidar com tranquilidade e garantir a saúde da mãe e do bebê, é indicado fazer um acompanhamento antes de engravidar, para mapear problemas de saúde prévios que possam prejudicar sua fertilidade, atrapalhar a gestação ou prejudicar o bebê. Vejamos cada uma dessas questões:

 

Fertilidade

Infelizmente, é verdade que a idade afeta a capacidade reprodutiva feminina. Essa é uma questão biológica simples de entender. Assim como a mulher envelhece, seus óvulos também ficam mais velhos e vão diminuindo em capacidade de serem fertilizados com o passar do tempo. É estimado que a chance de gravidez por mês é de aproximadamente 20% nas mulheres abaixo de 30 anos, mas de apenas 5% nas mulheres acima dos 40.

Apesar da ciência estar em grande desenvolvimento na área da fertilidade, os tratamentos não podem garantir um aumento das chances de gravidez. Após os 40 anos, as incidência de abortos espontâneos aumenta, assim, mesmo que o óvulo seja fecundado existe o perigo da perda. A mulher de 40 anos também tem mais chances de apresentar problemas ginecológicos, como infecções pélvicas e endometriose, fatores que podem diminuir a fertilidade.

 

Riscos e cuidados

Uma gestação após os 35 anos carrega diversos riscos. A mulher pode ter um maior risco de desenvolver pré-eclâmpsia, diabetes gestacional, aborto espontâneo e mesmo do bebê nascer com síndromes. A palavra de ordem da futura mamãe de mais de 35 anos é CUIDADO.

A gestante de 35 anos ou mais precisa ter certos cuidados mesmo antes de engravidar. Conte com o auxílio médico para fazer um programa pré-gravidez. Quanto mais saudável você estiver, maiores as chances de que a gestação transcorra bem. Para isso você precisa:

1. Pôr a carteira de vacinação em dia. Pelo menos três meses antes de engravidar, a mulher precisa se proteger contra rubéola, sarampo, caxumba, hepatite A e B e catapora.

2. Faça os testes de sorologia para hepatite B e C e HIV.

3. Cuide dos problemas de saúde preexistentes, pois elas podem interferir na gravidez. Busque aconselhamento do seu obstetra para casos como e doenças crônicas, como pressão alta e diabetes.

 

Se você tentar por mais de 6 meses e não conseguir engravidar, é recomendado não perder mais tempo. É muito importante que você busque rápido ajuda de um especialista em fertilização para assim poder realizar o sonho de ser mamãe.


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]