Clínica Geral

Saiba as causas das dores nas pernas e pernas pesadas

Por Redação Doutíssima 15/01/2014

É normal sentirmos cansaço – principalmente nas pernas – após um longo e cansativo dia. Nossas pernas incham e nos dão a impressão de pesar toneladas se passamos muito tempo em pé ou após termos feito algum exercício físico além do que o nosso corpo aguenta. Quando isso acontece, uma boa solução para diminuir a dor é levantar as pernas, pois isso ativa a circulação do sangue. Porém, se estes sintomas forem constantes, eles podem ser consequências de problemas mais sérios.

pernas

As famosas varizes e os derrames são os sintomas mais frequentes de doenças venosas crônicas. O corpo envia alguns sinais de alerta, como a sensação de pernas pesadas, inchaço, dores e até mesmo cãibras noturnas.

Alguns fatores como idade (principalmente a partir dos 40), a gravidez, a ingestão de pílulas contraceptivas, a obesidade, o cigarro, e o fato de ficar de pé ou sentada por muito tempo, aumentam muito a gravidade dos sintomas. As doenças venosas crônicas podem ser hereditárias, caso haja um diagnóstico de outros familiares.

Este tipo de doença ocorre devido à má circulação dos vasos sanguíneos que ligam os membros inferiores do corpo e o coração. O sangue acaba ficando bloqueado nas veias, e esta má circulação prejudica a zona capilar da pele, o que provoca a ocorrência de derrames. As varizes surgem quando a dilatação das veias ocorre de forma contínua.

Em casos de varizes, o primeiro passo para evitar o aumento da doença é o rastreamento. Eduardo Serra Brandão, Cirurgião Vascular e Diretor do Instituto de Recuperação Vascular (IRV), defende que “o rastreamento da Doença Venosa tem como objetivo detectar a doença nas fases iniciais, nas pessoas que ainda não têm sintomas ou que os têm mas ainda não estão a ser tratadas. Pretende-se também alertar a população em geral para um problema que afeta um grande número de pessoas no dia-a-dia, seja em família ou no trabalho, provocando mesmo faltas recorrentes e eventuais reformas antecipadas”.

Fatores de Risco:

Idade

Obesidade

Gravidez

Muito tempo em pé e/ou sentada

Contraceptivos orais

Tabaco

Falta de exercício físico

Predisposição genética

Dieta pobre em fibras

Uso de roupas apertadas

Ambientes quentes

O que você pode fazer para diminuir a dor:

Fazer exercício regularmente (caminhada, ciclismo, natação)

Usar sapatos apropriados (salto de 3 a 4 cm de altura)

Evitar roupas apertadas que podem interferir com a circulação venosa normal

Consultar o seu médico regularmente e seguir suas indicações


Sites parceiros