[the_ad_group id="16401"]
Vitaminas

Descubra os sintomas da falta de Vitamina D no organismo

Por Redação Doutíssima 16/01/2014

As vantagens da vitamina D vão a longo prazo, por isso é muito recomendado tomá-la ainda jovem. A universidade de Zurique mostraram resultados que confirmam a eficiência da vitamina D em manter a saúde dos ossos.

Não basta somente manter hábitos alimentares saudáveis para conseguir a quantidade desejada, pois há alimentos que não possuem níveis significativos da vitamina. De acordo com Dr. Heike R. Bischoff-Ferrari, da Universidade de Zurique,  a única maneira para adquirir um número certo de vitamina D mantendo uma dieta, seria duas porções de peixes como o salmão e a cavala todos os dias da semana. Por isso é necessário ajudar o corpo à obter a vitamina D através de exposição solar e alguns suplementos para aumentar a absorção da vitamina do sol e manter o seu corpo funcionando normalmente.

vitamina-d_0

Para descobrir se você sofre de falta de vitamina D, o melhor a fazer é um exame de sangue que mede o nível da vitamina. O exame pode ser realizado em casa mesmo através de um kit, ou se você preferir peça ao seu médico para realizar o exame. No entanto, se você estiver sofrendo de alguma doença da lista que separamos, certamente você está precisando de mais vitamina D no seu corpo. Procure o seu médico imediatamente para saber da prevenção e medidas curativas.

  1.  Gripe: Através de um estudo publicado no Jornal de Cambridge, foi descoberto que a falta da vitamina D deixa as crianças mais vulneráveis a doenças respiratórias. Foi comprovado também que a vitamina reduz os riscos de infecções respiratórias.
  2. Fraqueza muscular: O especialista em vitamina D, Michael F. Holick, diz que uma das causas da deficiência da vitamina é a fraqueza muscular pois os músculos esqueléticos são suportados pela vitamina D para funcionarem de forma correta.
  3. Psoríase: Foi publicado um estudo que mostra uma participação dos análogos sintéticos da vitamina D no tratamento da psoríase.
  4. Diabetes: Em um estudo realizado com  mais de dez mil crianças na Finlândia descobriu que as crianças que tomavam (UI) por dia de vitamina D3 durante o primeiro ano de vida, o risco de diabetes foi reduzido em 80%.
  5. Doença periodontal: as pessoas que sofrem de inchaço e sangramento da gengiva, podem colocar a vitamina D em suas listas. A vitamina ajuda na produção de defensinas e catelicidinas, dois compostos que possuem propriedades antimicrobiais e ajudam na redução de bactérias na boca.
  6. Asma: Uma surpresa para os asmáticos, a vitamina D reduz a gravidade dos ataques de asma. Uma pesquisa realizada no Japão descobriu que as crianças na idade escolar que sofrem com os ataques da doença mostraram uma redução significativa de ataques ao ingerir suplemento diário de vitamina D de 1.200 UI por dia.

 


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]