Filhos

5 Dicas para pais com filhos doentes em casa

Por Redação Doutíssima 22/01/2014

doente_dentro_img_principal

Não importa o quanto você ame seus filhos, quando eles têm um resfriado ou gripe, essa situação pode ser tão difícil para você quanto para eles. Lisa M. Asta, doutora em medicina, pediatra e porta-voz da Academia Norte-americana de Pediatria tem cinco dicas para reduzir um pouco a frustração do seu dia:

  1. Inove. As crianças enjoam de atividades rapidamente. “Esteja pronto para variar diversas vezes”, diz Asta. Para que essas transições sejam mais fáceis para você, faça uma lista das suas opções logo no início do dia.
  2. Monte diferentes estações de descanso. Não mantenha as crianças doentes no mesmo sofá o dia todo – elas ficarão maluquinhas. Em vez disso, monte diferentes locais aconchegantes para elas – a cama delas, o sofá da sala de estar, e a poltrona reclinável da sala da família.
  3. Limite o tempo de TV e videogames. Um pouco de TV quando as crianças estão doentes é aceitável. Porém, Asta alerta que assistir TV ou jogar vídeo games pode privar o seu filho ou filha do descanso de que necessita para se recuperar. “Quando as crianças estão entretidas com o programa de TV, elas podem lutar contra o sono para que possam continuar assistindo esse programa”, diz Asta. “Elas são estimuladas a continuar jogando o videogame para que consigam chegar à próxima fase”. Quando as crianças estão fazendo algo mais tranquilo, como ler ou pintar, elas estão  mais propensas a largar o livro ou giz de cera quando se cansarem e irem dormir.
  4. Esteja preparado(a). Tente manter um estoque secreto de livros para colorir, adesivos e pequenos brinquedos em algum armário. Revele esses itens quando seus filhos adoecerem. O simples fato de terem algo novo para olhar ajudará a distrair seus filhos doentes.

Deixe o seu trabalho de lado. Se você for um pai ou mãe que trabalha fora que, inesperadamente, precisou ficar em casa para tomar conta de um filho ou filha doente, resista ao impulso de executar um excesso de tarefas ao mesmo tempo. “É impossível você tomar conta da criança e trabalhar de casa o dia inteiro”, fala Asta. Tentar fazer essas duas coisas apenas lhe causará tensão e desgaste.

Asta diz que não há problema em fazer alguns serviços domésticos ou responder a alguns e-mails. Porém, para o bem de seu filho ou filha doente e de sua própria sanidade, tente não executar um excesso de atividades. Em vez disso, abrace a criança e tire um cochilo com ela; utilize esse tempo para se conectar com seus filhos.


Sites parceiros