[the_ad_group id="16401"]
Guia dos Dentes

Como remover a placa bacteriana

Por Redação Doutíssima 22/01/2014

raspar-5

Um nome super simples que já descreve o que precisamos saber sobre ela: placa bacteriana. Na nossa boca existe uma quantidade tão grande de bactérias que se você pudesse ver, nunca mais beijaria ninguém e talvez nem se olharia com tanta frequência no espelho. Todos temos algumas bactérias que diariamente passeiam por nossa boca, se alimentando de nosso alimento e vivendo dentro de nós. De forma bem simples, essa placa fica colada em nossos dentes e se estiver equilibrada e os dentes e a boca bem limpos, nada de ruim acontece. Mas se a placa bacteriana se proliferar com bactérias patogênicas e isso não for retirado com a higiene bucal diária, os problemas começam a acontecer. Por isso, vou ensinar como remover a placa bacteriana.

t-6

As bactérias presentes na placa bacteriana ficam em constante processo de alimentação e excreção e como resultado da ação dessas bactérias são produzidos ácidos que atacam os dentes. Essa ação acontece de forma repetida e isso causa problemas como a cárie ou irritações na gengiva, na área que fica ao redor dos dentes.

 

Essa gengiva que fica ao redor dos dentes é a mais atacada pela placa bacteriana e pode ser facilmente acometida por problemas somente na gengiva ou chegando até o osso como no caso das periodontites. Em casos graves podem acontecer perdas dentárias.

imp-4

O melhor a fazer é evitar a placa bacteriana:

– Limitar a ingestão de alimentos com muito açúcar ou amido, especialmente aqueles que grudam nos dentes.

– Visitar seu dentista regularmente para fazer limpeza e exame completo dos dentes.

idade-5

– Escovar bem, no mínimo três vezes ao dia, principalmente após as refeições, para remover a placa bacteriana de todas as superfícies dos seus dentes.

– Usar fio dental diariamente para remover a placa bacteriana que se instala entre seus dentes e sob a gengiva, onde a escova não pode alcançar. o uso de bochechos antissépticos são bons aliados nessa luta contra as bactérias.

sensibilidade-2

A partir do momento que a placa bacteriana se agrupar de forma mais perigosa e associada ao tártaro, o problema começa a se complicar e a necessidade de uma consulta com o dentista é obrigatória. O único procedimento que remove esse complexo formado pela placa bacterina mais o tártaro é a tartarectomia, também conhecida como raspagem.

sorrir-4

A raspagem pode ser feita de diversas maneiras, desde as antigas e doloridas curetas até os mais novos sistemas de ultrassom. Quanto mais a gengiva estiver inflamada ou o dente com mobilidade, mais o dentista terá trabalho e você precisará de múltiplas consultas para resolver o problema.


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]