Filhos

Confira cuidados na hora de lavar as roupinhas do bebê

Por Redação Doutíssima 22/01/2014

A espera de uma criança representa um momento especial para os pais. Esse período também envolve uma série de preparativos e, na organização do enxoval, as roupinhas do bebê são alguns dos itens mais adorados. No entanto, é necessário ter alguns cuidados especiais em relação às peças.

O modo como as roupinhas do bebê são lavadas pode ter influência direta sobre a saúde dele. É por isso que não basta jogar tudo na máquina de lavar roupas.

roupinhas do bebe

A roupinha do bebê deve ser, preferencialmente, lavada à mão com sabão de coco ou neutro. Foto: Shutterstock

Conforme a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), a pele do recém-nascido é mais sensível e muito mais propícia às alergias e irritações. Por isso, o primeiro passo é evitar o uso de alvejantes, amaciantes, sabão em pó comum ou removedor de manchas.

Aprenda a lavar as roupinhas do bebê

Mas, então, qual é a forma correta de lavar as roupinhas do bebê? Não há uma única resposta, mas o ideal é optar por uma alternativa mais suave e menos agressiva de limpar o vestuário. A lavagem à mão, com auxílio de uma bacia, é uma das opções.

Lembre-se de que, por volta do sétimo mês de gravidez, já é interessante limpar todas as peças do enxoval: roupas, meias, toalhas, lençóis, gorros, luvas, enfim, todos os itens que estarão em contato com a pele da criança, para evitar a presença da poeira ou de fungos.

No caso da lavagem manual, é importante ter em mãos uma bacia e um balde exclusivos para lavar as roupinhas do bebê. Ou seja, eles não devem ser utilizados para limpar quaisquer outras peças.

O processo consiste em deixar os itens de molho na bacia com um sabão de coco ou neutro líquido, que contém componentes mais suaves, por cerca de 10 a 15 minutos. Depois, é necessário enxaguar bem as peças no balde, com água corrente em abundância.

Por fim, as roupas devem ser estendidas no varal, em um local com bastante ventilação e longe de qualquer tipo de poluição. Quando secas, as peças devem ser retiradas e colocadas em um cesto exclusivo para o bebê, evitando que se misturem com itens lavados com químicos mais fortes.

Depois de passar as roupinhas ao avesso, com um ferro em temperatura média, é preciso guardá-las de forma cuidadosa, para que não peguem poeira. Uma alternativa é usar sacos plásticos limpos para conservar as peças.

Dicas rápidas sobre roupinhas do bebê

Após a lavagem, é importante se certificar de que não há nenhum resquício de produtos nas roupas, pois isso pode irritar a pele do bebê. Assim, cheire os itens e verifique se o odor do sabão não permaneceu muito forte, já que isso pode ser a causa de futuras alergias. Se tiver cheiro, é melhor lavar novamente.

Caso você não queira abrir mão da praticidade da máquina de lavar, prefira fazer a lavagem usando um ciclo para roupas delicadas e sacos protetores para preservar as peças mais frágeis. É imprescindível, também, usar um produto livre de detergentes químicos pesados.

Quando o bebê já tiver alguns meses de vida, as mamães que preferiram lavar as roupinhas inicialmente à mão já podem voltar a fazer o uso da máquina de lavar, seguindo as recomendações citadas anteriormente. Assim, é possível evitar alergias e desconforto para o seu filho.

Gostou das dicas para lavar as roupinhas do bebê? Deixe um comentário!

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros