[the_ad_group id="16401"]
Clínica Geral

Descubra os sintomas da falta de Magnésio

Por Redação Doutíssima 23/01/2014

O magnésio é um mineral importante envolvido em processos enzimáticos e metabólicos necessários para o corpo. Um déficit ou um nível baixo de magnésio no dia a dia pode levar a doenças crônicas e comprometer seriamente sua saúde. Se você se sente cansado e estressado ultimamente, você pode ter uma deficiência de magnésio em sua dieta. Porque o magnésio é facilmente perdido por cozimento, a maioria das pessoas nem tem idéia, mas são deficientes neste mineral essencial.

Os sintomas mais comuns da deficiência de magnésio são irritabilidade, impaciência, intolerância a ruídos e barulhos repetidos e mudanças emocionais anormais. Um outro sinal frequente são tremores de músculos que ocorre principalmente nas pálpebras e que aparecem quando estamos sob tensão, também as câimbras noturnas, pernas inquietas, “ticks”nervosos e crises de enxaqueca.

Outro aspecto que é afetado pela falta do mineral é a qualidade do nosso sono. A pessoa acorda no meio da noite para depois voltar a dormir frequentemente, o sono se torna inquieto e a pessoa se mexe muito, os puxões musculares e sustos antes de pegar no sono também são frequentes, e no fim a pessoa acorda cansada com sensação de não ter dormido suficiente.

No caso das crianças, principalmente as consumidoras de refrigerantes tipo “cola”, é comum sintomas como a irritabilidade e hiperatividade, dificuldade de concentração que acaba atrapalhando o rendimento escolar. Nas mulheres, a falta de magnésio está ligada à hipermenorréia ( aumento do fluxo menstrual) e cólicas.

cansancio

Mas o que causa a deficiência em magnésio? A alimentação acima de tudo. O consumo de refrigerantes, doces, batatas, café, trigo refinado, etc aumentam a excreção urinária de magnésio levando à sua falta e o aparecimento dos sintomas.

Durante uma gravidez, o feto requer muito magnésio, por isso o consumo pode subir até 4 vezes mais do que o indicado. Podemos ver os sintomas da deficiência nos bebês muito facilmente, por exemplo: quando não conseguem dormir direito, se mexem muito no berço, quando resmungam muito, transpiram muito dormindo, acordam várias vezes durante a noite, irritabilidade frequente.

O que muitas pessoas não sabe é que estamos sempre esgotando o magnésio do nosso corpo, principalmente em períodos de estresse, treinamentos intensos ou hábitos alimentares inadequados. Há estudos que mostram que em média, 90% dos norte-americanos não possuem um nível de magnésio adequado, um número necessário para as funções mais importantes do corpo.

magnesio1 (1)

Para aumentar o consumo do magnésio, os médicos indicam que a vitamina B6 seja consumida em conjunto com mineral, pois a vitamina B6 aumenta a quantidade do magnésio que entra nas células.
Os alimentos que você pode incluir na sua dieta com uma grande fonte de magnésio são amêndoas, nozes, frutas, leite, cereais em grãos vegetais.


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]