[the_ad_group id="16403"]
Gestante

Nutrição: como se alimentar corretamente antes da gravidez

Por Redação Doutíssima 26/01/2014

A nutrição ideal antes da gravidez é importante por causa da quantidade de energia que o parto exige. A ingestão de nutrientes essenciais se torna mais importante antes da gravidez no contexto da mãe uma vez que toda a alimentação extra fica armazenada no corpo. Isso serve como uma reserva para o momento em que o bebê é concebido, principalmente durante o primeiro trimestre da gravidez, quando a vontade de comer é menor e tudo o que se come sai, uma vez que a frequência dos vômitos é alta.

Ou seja, quando as “reservas” do corpo são de grande ajuda para atender às exigências nutricionais em crescimento. O processo de alimentação pré-gravidez é um processo de construção do sistema imune no preparo da gravidez, e é conhecido como sendo um dos principais benfeitores na determinação da taxa de sucesso de conceber crianças saudáveis. Seguir uma dieta saudável do ponto de vista nutricional antes da gravidez pode melhorar as chances de um peso normal ao nascimento, melhora o desenvolvimento do cérebro do feto e diminui as chances de complicações durante gravidez. Além disso, uma dieta saudável diminui as complicações para as mamães durante a gravidez, como anemia, edema, enjoo matinal, fadiga e constipação.

Nutrição Antes da Gravidez

Então, comece uma dieta equilibrada, que seja pobre em gordura e rica em proteínas, carboidratos, vitaminas e minerais. A ingestão regular de vitamina B12 é conhecida por reduzir as chances de infertilidade e problemas de saúde. É aconselhável para uma mulher que estiver planejando ter um bebê ingerir cerca de 400 miligramas de ácido fólico todos os dias. Cereais são uma rica fonte de ácido fólico.

Os futuros papais devem ter uma dieta nutritiva equilibrada, uma vez que uma alimentação saudável aumenta os níveis de fertilidade. Adicione uma grande quantidade de proteínas, vitaminas e minerais, especialmente Vitamina C, uma vez que ela reduz o risco de espermatozoides danificados, e zinco, uma vez que complementa o volume de sêmen e os níveis de testosterona.


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]