[the_ad_group id="16401"]
Gestante > Sintomas de Gravidez

Nove meses, nove sintomas: o que esperar durante a gravidez

Por Redação Doutíssima 30/01/2014

As mulheres passam por muitas mudanças durante a gravidez e alguns sintomas específicos são comuns nesse processo. Ainda assim, é comum que as futuras mamães fiquem apreensivas a cada novidade que surge. O segredo é buscar informação e se tranquilizar.

gravidez

O momento dos chutes costuma ser o mais esperado. Foto: iStock, Getty Images

Os sintomas da gravidez mês a mês

Existem sintomas que são comuns a qualquer gestação, mas eles também podem variar conforme o caso. Em meio a tantas alterações, algumas esperadas e outras nem tanto assim, confira quais são as mais frequentes em cada mês:

Primeiro mês

Os enjoos são muito comuns nesse período e acontecem em razão da rápida alteração dos níveis hormonais – principalmente o HCG ou gonadotrofina coriônica humana. Eles sobem rapidamente no início da gravidez e desempenham papel na preparação do útero.

Segundo mês

A fadiga é frequente. Muitas vezes, a mulher não parece grávida ou não compartilhou a notícia e pode ser difícil para amigos e parceiro compreenderem esse estado. É natural sentir que uma simples ida ao mercado cause sentimento semelhante ao de correr uma maratona. Essa sensação costuma ser causada pelo trabalho extra do corpo no preparo para gestação.

Terceiro mês

Seios doloridos costumam se manifestar aqui. Eles crescem em razão de depósitos adicionais de gordura, estabelecidos pelo organismo em antecipação à gestação. São impulsionados ainda por hormônios que trabalham produção e entrega de leite ao bebê.

Quarto mês

Uma das sensações mais estranhas é que as articulações sofrem uma espécie de relaxamento em preparação para o nascimento. O corpo começa a liberar um hormônio chamado relaxina, suavizando a conexão da cartilagem no osso púbico. É possível que ele faça o restante das articulações de uma mulher sentirem-se soltas e instáveis também.

Quinto mês

Sente-se o ganho de peso. Uma mulher com peso normal ganha de 11 a 16 quiloa durante a gravidez. Cerca de 3,5 quilos são do próprio feto, de acordo com a Olson Center for Women’s Health. Além disso, 0,7 quilo é placenta, líquido amniótico e sangue extra. 

Sexto mês

Os chutes do bebê ganham força. É um efeito colateral sempre bem-vindo. Costuma-se confundir esses chutes com outros sintomas, mas gradualmente eles crescem em força e você passa a distingui-los bem.

Sétimo mês

Por volta da 22ª semana de gestação, muitas mulheres começam a experimentar dores próximas ao útero. A sensação é uma pontada, mas é comum e não há com o que se preocupar.

Oitavo mês

Poucos sabem, mas as mulheres grávidas começam a ter contrações bem antes do parto. Elas ficam mais notáveis a partir do oitavo mês de gestação e são mais intensas quando você entra em trabalho de parto.

Nono mês

Devido ao excesso de peso, a sensação de cansaço aumenta bastante. É nessa hora que, a qualquer momento, podem começar os sintomas do trabalho de parto – rompimento da bolsa e contrações intensas que antecedem o nascimento do bebê.

E aí, o que achou? Deixe um comentário! E não esqueça de compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]