[the_ad_group id="16401"]
Clínica Geral

Conjuntivite alérgica : sintomas, causas e tratamento

Por Redação Doutíssima 12/02/2014

Existem vários tipos de conjuntivite, mas iremos focar em uma: A conjuntivite alérgica. 

conjuntivite alérgica

Ela é uma inflamação da conjuntiva, uma mucosa que reveste os olhos. Entre os vários tipos de  conjuntivite, temos a alérgica, muito comum no inverno e tempo secos e pode ser causada por fungos e ácaros. Ocorre quando a camada transparente do tecido que reveste as pálpebras e a que cobre a parte branca do olho (conjuntiva) ficam inchadas ou inflamadas devido a uma reação ao pólen, caspa, mofo ou outras substâncias causadoras de alergia.

Diferente das outras, a conjuntivite alérgica não é transmissível. Quem tem conjuntivite alérgica não precisa se ausentar da escola ou do trabalho.

O que é conjuntivite alérgica e o que causa?

A forma alérgica se difere da bacteriana e viral pelo intenso comichão que causa. Muitas vezes, outros sintomas alérgicos, como espirros e coriza nasal, também estão presentes.

Os sintomas da conjuntivite alérgica podem ser sazonais (relativo à estação do ano) e podem incluir:

  • Coceira intensa ou olhos ardendo
  • Pálpebras inchadas, especialmente na parte da manhã
  • Olhos vermelhos
  • Secreção ocular viscosa
  • Lacrimejamento (olhos lacrimejantes)
  • Vasos alargados (dilatados) no tecido transparente que cobre a parte branca do olho

 

Tratamento de Conjuntivite alérgica

conjuntivite alérgicaComo estamos tratando de algo alérgico, o melhor tratamento é evitar o que causa os sintomas da alergia. Pode ser impossível evitar todos os seus desencadeadores. No entanto, muitas vezes você pode tomar medidas para reduzir a sua exposição aos desencadeadores, tais como: Poeira; Mofo e Pólen.

Colírio lubrificante pode ajudar a diminuir os sintomas da conjuntivite alérgica. Você pode aliviar o desconforto aplicando compressas frias nos olhos. Anti-histamínicos orais sem necessidade de receita podem oferecer mais alívio. Entretanto, às vezes eles deixam os olhos secos.

Caso as medidas de cuidados caseiros não ajudarem, você pode precisar de tratamento dado por um médico. Isso pode incluir:

  • Pastilhas anti histamínicas ou anti-inflamatórias
  • Colírios esteroides suaves (para reações mais graves)

 

Você também pode usar colírios que impedem determinados glóbulos brancos, chamados mastócitos, de liberar histamina. Essas gotas são dadas junto com anti-histamínicos para sintomas mais graves. Eles funcionam melhor se você tomá-los antes de entrar em contato com o alérgeno.

O que pode ser feito para evitar a conjuntivite alérgica?

É aconselhável o uso de óculos para andar de bicicleta ou motocicleta, e evitar a exposição a ambientes empoeirados e animais ou irritantes que agravam os sintomas (fumaça de cloro, piscina, etc.) Se você está infectado e está usando lentes de contato, você deve removê-los durante os períodos de conjuntivite. Em alguns casos em que o alérgeno é inevitável.

Saiba mais:

Conjuntivite, cuidado redobrado nos meses de frio

Como saber se você tem alergia?

Alergia nos olhos: entenda porque acontece

Tudo o que você precisa saber sobre remédio para alergia

Saiba tudo sobre alergia a tecido

Mito ou verdade: ter animais domésticos diminui o risco de alergia

Alergia ao leite: entenda porque acontece


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]