[the_ad_group id="16403"]
Clínica Geral > Nutrição

Saiba como se livrar da prisão de ventre

Por Redação Doutíssima 15/02/2014

prisão de ventre

Falta de disposição, queda de cabelos, unhas quebradiças, espinhas, gases e mau humor são os principais sintomas da constipação intestinal – um problema que não gera apenas desconforto momentâneo, mas pode afetar, e muito, a saúde do corpo.

A explicação para os efeitos negativos fica por conta da incapacidade do organismo de absorver os nutrientes que são necessários para as demais funções de outros órgãos e de eliminar o que não serve mais.

Somente uma alimentação equilibrada, rica em fibras e à base de muita água pode estimular de forma natural o funcionamento do intestino.

Para reorganizar os ponteiros do relógio do intestino e evitar sofrimentos na hora de ir ao banheiro, selecionamos dez alimentos que podem ajudar.

Confira a relação abaixo:

— Iogurte: contém os famosos lactobacilos, responsáveis por estimular a proliferação de bactérias benignas ao intestino, mantendo seus ritmos e funções
— Lentilha: rica em fibras solúveis, combate a constipação e alivia irritações intestinais. A alta quantidade de fibras também auxilia no controle do colesterol ruim
— Soja: é determinante no combate da prisão de ventre por ser fonte de glutamina, um aminoácido reparador do epitélio intestinal
— Aveia: contém alto teor de um tipo de fibra solúvel, que, em contato com a água, transforma-se em uma goma capaz de facilitar o trânsito intestinal
— Abobrinha: ideal para ser consumida crua, é rica em vitaminas e fibras, que ajudam no trânsito intestinal
— Couve: além de combater a prisão de ventre, é rica em ferro e substâncias desintoxicantes, ela combate a anemia e ajuda a aumentar a imunidade
— Agrião: oferece boa quantidade de potássio e cálcio, que ajudam na manutenção dos ossos e do sangue. Auxilia no trânsito intestinal
— Rúcula: rica em cálcio, ela, por conter fibras, ajuda a combater a prisão de ventre
— Alface: rica em fibras, ajuda no trânsito intestinal
— Café: estimula a movimentação do bolo fecal, mas, se for excessivo, causa o efeito contrário: o intestino fica preguiçoso sem a bebida
— Abóbora: ajuda no equilíbrio da flora intestinal se consumida, no mínimo, três vezes na semana
— Linhaça: a ingestão do grão facilita a redução de absorção de gorduras e aumenta o bolo fecal
— Ameixa: a ameixa seca tem efeito laxativo natural e, por conter um alto teor de fibras insolúveis, é capaz de absorver mais água do organismo e acelerar o trânsito intestinal
— Mamão formosa: contém papaína, uma enzima que facilita a digestão e protege o estômago


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]