[the_ad_group id="16403"]
Saúde

Lidando com a perda de visão

Por Redação Fortíssima 19/02/2014

A perda de visão é uma condição difícil, mas felizmente existem muitos tipos de auxílio as pessoas com perda de visão que podem ajudá-lo no dia a dia.

perda de visão

 

Se você está lendo isso, você provavelmente não tem baixa visão ou já está usando essas ferramentas necessárias. Talvez você conheça alguém que esteja lutando contra a baixa de visão. Repasse estas informações a essas pessoas.

 

Algumas doenças oculares, como a retinopatia diabética e certas doenças da córnea, podem ser tratadas de modo que a visão seja restabelecida ou mantida. Infelizmente, algumas doenças oculares não podem ser tratadas, resultando em baixa visão ou cegueira. Além do desafio maior da perda de visão que é restaurar as mobilidades e funções, há também o impacto emocional da perda de visão a ser considerado.

Eis aqui um passo a passo para você seguir e lidar melhor com a doença:

 

Saiba mais sobre a sua perda de visão

 

Você pode encomendar material escrito ou gravado sobre a perda da visão através de agências estatais e organizações sem fins lucrativos. Também pode ser útil para você discutir a perda da visão com o seu médico, assim como com outras pessoas que perderam a visão.

 

Procure aconselhamento terapêutico para perda de visão

 

Embora a perda de visão possa ocorrer em qualquer idade, ela ocorre com mais frequência entre os adultos maduros. Como qualquer outro evento impactante na vida, a perda de visão pode trazer sentimentos de solidão, desamparo, ansiedade e depressão. Os médicos, agências estatais e organizações sem fins lucrativos oferecem serviços de aconselhamento para as pessoas com perda de visão e podem fornecer referências a outros profissionais com base nas necessidades de cada um.

 

Luto pela perda de visão

 

A perda de visão é inicialmente devastador. Compreender o processo de dor associada com a perda de visão pode ajudar você e seus entes queridos a lidar com esses desafios fisiológicos e emocionais.

 

Procure aulas de ajuste e dispositivos para a perda de visão

 

Tarefas tão simples como se vestir de manhã ou mais complexas como cozinhar uma refeição se tornam novos desafios após a perda da visão. Nas aulas de ajuste, as pessoas podem aprender novas técnicas ou alternativas para ajudar a manter a independência. Além da reconstrução da mobilidade e das habilidades motoras, essas aulas e ajudas também ensinam a ter a paciência e a confiança necessária para viver diariamente com baixa visão.

 

Quais são os auxílios disponíveis a baixa visão?

 

Existe uma variedade de aparelhos muito úteis para a baixa visão. Os aparelhos mais populares de baixa visão são:

 

– Óculos telescópicos

– Lentes que filtram a luz

– Lentes de aumento

– Lupas

– Circuito fechado de televisão

– Leitura prismas

 

Estes dispositivos são mais fortes do que óculos de grau e podem ser fixos ou de mão. Você também pode comprar programas de computador que podem alterar as imagens da tela ou ler o texto digitado, eles transformam novas tecnologias e informações eletrônicas disponíveis para leitura.

 

Auxílios não ópticos também são úteis em atividades diárias. Dispositivos que “falam” com você, impressões ampliadas ou Braille. Muitos também têm características especiais, tais como alto contraste, que os tornam mais fáceis de ver . Dentre os dispositivos não-ópticos populares existem:

 

– Software de leitura de texto

– Leitores de Braille

– Guias de cheque

– Relógios de alto contraste

– Relógios que falam a hora

– Publicações de grande impressão

– Relógios e telefones com números ampliados

 

Agências e clínicas de baixa visão estão disponíveis em muitos locais. Elas podem ajudar as pessoas a escolherem os auxílios e serviços ópticos mais úteis para os seus problemas visuais.

 

 

Veja mais:

 

Técnica de terapia genética recupera a visão em seis doentes

Jogos ajudam a melhorar a visão

Terapêutica que melhora a visão


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]