[the_ad_group id="16403"]
Clínica Geral

Anafilaxia: sintomas, causas e tratamento

Por Redação Doutíssima 21/02/2014

 anafilaxiaTambém conhecido como choque anafilático, a anafilaxia é uma grave reação alérgica que pode levar o paciente à óbito. Uma pessoa pode sofrer uma anafilaxia de maneira inesperada, por não ter o conhecimento de que é alérgico à certas substância. Essa reação alérgica é geralmente desencadeada por agentes como alimentos, drogas, venenos introduzidos no corpo humano por animais, medicamentos, entre outros. O sistema imunológico do paciente é exageradamente excitado quando entra em contato com uma dessas substância à qual é alérgico. Desse modo, a anafilaxia faz o corpo reagir excessivamente contra essa substância, gerando sintomas graves como um AVC (acidente vascular cerebral) imediatamente ou pouco depois o contato com um agente alérgicos.

 

Os sintomas da anafilaxia


 

Uma pessoa que sofre um choque anafilático apresenta num todo um colapso cardíaco e respiratório. Inicialmente o paciente tem muita dificuldade de respirar e logo outros sintomas se instalam no corpo.

 anafilaxiaEntre os principais sintomas da anafilaxia estão: hipotensão, pulsação do coração mais rápida, palidez, sudorese intensa, corpo frio, chiado no peito ao respirar, desmaio, urticária (placas avermelhadas distribuídas pelo corpo) e inchaços da pele chamados de angioedema (bastante comuns em áreas do rosto como ao redor dos olhos, nos lábios e na língua). Quando há casos de inchaços pela anafilaxia, a maior preocupação se dá quanto ao edema de glote, também conhecido como edema de laringe. Nesse caso, o paciente pode ter muita dificuldade para respirar e até mesmo morrer por asfixia já que a glote incha e impede a passagem de ar até os pulmões.

 

O tratamento da anafilaxia


É de suprema importância estar atento aos sinais da anafilaxia e chamar por socorro imediatamente quando alguém apresentar esses sintomas. O atendimento médico rápido garante que o tratamento correto seja oferecido ao paciente para reverter o coque anafilático. Na maioria dos casos, a internação é necessária para salvar a vida do paciente.

Quando um paciente tem conhecimento de sua alergia e sofre um choque anafilático, você pode oferecer-lhe seu medicamento habitual imediatamente. Se o quadro não se reverter em poucos segundos, chame uma ambulância pois o tempo está contra vocês. Quando o paciente não tem conhecimento de sua alergia ele precisará de atendimento médico. No caso de inchaço da glote, o médico poderá intubar o paciente para proporcionar uma respiração artificial até que o corpo volte a seu estado normal.

Em casos de emergência como na anafilaxia, ligue para o 192 e peça socorro médico.

 

Saiba mais:

Alergia no bebê: saiba o que fazer

Alergia alimentar: sintomas, causas e tratamento

Como evitar a alergia ao sol

Saiba mais sobre os sintomas de alergia

Mito ou verdade: ter animais domésticos diminui risco de alergia

Alergia na pele: sintomas, causas e tratamento

Tudo o que você queria saber sobre o teste de alergia


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]