[the_ad_group id="16401"]
Vitaminas

Vitamina C está relacionada à redução do risco de derrame

Por Redação Fortíssima 22/02/2014

Um pequeno estudo apresentado na reunião anual da Academia Americana de Neurologia indicou que o risco de derrame hemorrágico é menor entre as pessoas com níveis normais de vitamina C no sangue, comparadas com aquelas com níveis baixos ou deficientes.

 

Apesar de o derrame hemorrágico ser menos comum do que o isquêmico, ele é o mais mortal dos dois.

“Nossos resultados mostram que a deficiência de vitamina C deveria ser considerada um fator de risco para esse tipograve de derrame, assim como hipertensão arterial, ingestão de álcool e sobrepeso em nosso estudo”, disse em um comunicado o pesquisador Stéphane Vannier, médico do Hospital da Universidade de Pontchaillou na França. “Mais pesquisas são necessárias para explorar especificamente como a vitamina C pode ajudar a reduzir o risco de derrame. Por exemplo, a vitamina pode regular a pressão arterial.”

 

O estudo envolveu testes de níveis de vitamina C no sangue em 65 indivíduos que sofreram um AVC hemorrágico intracerebral e 65 pessoas que nunca tiveram um derrame. A pesquisa mostrou que, de todos os 130 participantes, 45% tinham níveis normais de vitamina C e 45% tinham níveis muito baixos. As pessoas que nunca tinham tido derrame foram aquelas com os níveis mais altos da vitamina.

Ainda que essa pesquisa seja considerada na fase preliminar, já que ela não foi publicada em um periódico analisado por peritos, estudos anteriores também relacionaram a vitamina C com a redução do risco de AVC. O estudo de 2008 da Universidade de Cambridge constatou que as pessoas com níveis elevados de vitamina C no sangue reduziram seu risco de derrame em 42%, e um estudo semelhante de 1995 no British Medical Journal indicou que os idosos com níveis baixos da vitamina tinham um maior risco de derrame.

Essa pesquisa seria apenas adicionada à longa lista de benefícios da vitamina C, como sua capacidade de aumentar a imunidade. As doses recomendadas para homens e mulheres adultos são de 90 mg e 75 mg por dia, respectivamente.

 

Fonte: AFP

 

Veja mais:

Como prevenir o derrame?

O que é derrame?

Como agir em caso de derrame?


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]