Clínica Geral

Anemia Hemolítica: sintomas, causas e tratamento

Por Redação Doutíssima 24/02/2014

anemia hemolítica

A anemia hemolítica é uma doença autoimune, mais comum entre as mulheres do que entre os homens. Ela é caracterizada pela produção de anticorpos que reagem contra os eritrócitos, que são as células vermelhas do sangue, destruindo-as e produzindo a anemia.

Esta doença tem uma evolução muito rápida e, na maioria dos casos, não se identifica a causa. Seu tratamento pode ser medicamentoso ou cirúrgico.

Normalmente, os glóbulos vermelhos duram por cerca de 120 dias antes que o organismo os descarte. Na anemia hemolítica, os glóbulos vermelhos no sangue são destruídos antes do tempo normal.

Sintomas de Anemia hemolítica

anemia hemolítica

É possível que você não apresente sintomas se a anemia for branda. Se o problema se desenvolver lentamente, os primeiros sintomas podem ser:

  • Mal humor
  • Fraqueza ou cansaço mais frequente que o normal, ou com exercícios
  • Dores de cabeça
  • Problemas de concentração ou raciocínio

Se a anemia piorar, os sintomas podem ser:

  • Coloração azul no branco dos olhos
  • Unhas frágeis
  • Tontura leve ao levantar-se
  • Palidez da pele
  • Falta de ar
  • Língua dolorida

Causas

anemia hemolítica

A anemia hemolítica acontece quando a medula óssea não é capaz de repor os glóbulos vermelhos que estão sendo destruídos.

A anemia hemolítica imune ocorre quando o sistema imunológico identifica erroneamente seus próprios glóbulos vermelhos como corpos estranhos. Então, desenvolvem-se anticorpos contra os glóbulos vermelhos. Esses anticorpos atacam os glóbulos vermelhos e fazem com que eles se decomponham muito prematuramente.

O organismo também pode destruir os glóbulos vermelhos, devidos a vários fatores como:

  • Certos defeitos genéticos que fazem com que os glóbulos vermelhos assumam formas anormais (como a anemia de células falciformes talassemia e anemia hemolítica devido à deficiência de G6PD)
  • Exposição a determinados produtos químicos, drogas e toxinas
  • Infecções

Outras causas são:

  • Coágulos em pequenos vasos sanguíneos
  • Transfusão de sangue de um doador com um tipo sanguíneo que não corresponde ao seu

 

 

Tratamento de Anemia hemolítica

anemia hemolítica

O tratamento depende do tipo e da causa da anemia hemolítica.

  • Em casos de emergência, pode ser necessária transfusão sanguínea.
  • Para anemia hemolítica causada por um sistema imunológico superativo, podem ser utilizadas drogas que reprimem o sistema imunológico.
  • Quando os glóbulos vermelhos estão sendo destruídos em ritmo acelerado, o organismo pode precisar de ácido fólico extra e suplementos de ferro para repor o que está sendo perdido.

Raramente, o baço precisa ser removido, pois atua como um filtro, eliminando as células anormais do sangue.

Consulte um médico caso tenha alguma suspeita da anemia, fique sempre de olho.

 

Saiba Mais

Anemia perniciosa: sintomas, causas e tratamento

Anemia de fanconi: sintomas, causas e tratamento

Anemia falciforme: sintomas, causas e tratamento

Alimentos que combatem a anemia

Saiba mais sobre os tipos de anemia

Aprenda sobre a importância de ferro na sua alimentação

Veja a lista completa de alimentos que ajudam absorver o ferro