[the_ad_group id="16403"]
Estética

Os 10 perfumes importados mais vendidos e amados no mundo

Por Redação Doutíssima 24/02/2014

Perfumes importados são tudo de bom! Além da fragrância durar muito mais do que os perfumes brasileiros, a perfeita combinação das notas dos perfumes importados é inigualável. Porém, nem todo mundo conhece tudo sobre os melhores e mais amados perfumes importados. Por isso, o Doutíssima separou para você a lista dos 10 perfumes importados mais vendidos no mundo. Fique sabendo um pouco mais sobre cada um deles!

 

Os 10 perfumes importados mais vendidos no mundo:

 

perfumes importados

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1º lugar: Nº 5, Chanel. Fragrância pioneira da Channel, lançada há 90 anos por Gabrielle Chanel, o N° 5 é o campeão de vendas entre os perfumes importados. Segundo ela, este é “um perfume de mulher com cheiro de mulher”. O perfume é uma combinação entre toques de ilangue-ilangue, jasmim, rosa de maio e aldeído. O aldeído foi a primeira nota sintética a ser utilizada em um perfume. “Extraído do petróleo, o ingrediente potencializa o aroma das flores”, explica Verônica Kato, perfumista da Natura. R$ 308 (50 ml)

 

perfumes importados

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2º lugar: Coco Mademoiselle, Chanel. O perfume foi lançado há dez anos visando o público jovem. A fragrância é uma combinação de dois sucessos da Chanel, o Chanel N° 5 e o Coco, com a adição de notas cítricas da laranja e da bergamota, trazendo uma característica mais moderna e jovial ao perfume. A embalagem também foi bem pensada: cor-de-rosa, a cor preferida das meninas. R$ 308 (50 ml)

 

perfumes importados

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

3º lugar: J’adore, Dior. A Dior, desde o lançamento do J’adore em 1999, sempre utilizou a ajudinha amiga da publicidade para relacionar o perfume com um universo de riqueza e luxo. Na primeira propaganda do perfume, por exemplo, uma modelo submerge em uma piscina de ouro. Além disso, o frasco do perfume foi elaborado para lembrar as mulheres da tribo africana Massai, que possuem o pescoço alongado por causa dos diversos colares que elas utilizam. A fragrância do J’adore envolve notas de pêssego, orquídea e bergamota. R$ 294 (50 ml)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

perfumes importados

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

4º lugar: Light Blue, Dolce & Gabbana. Há 13 anos, os estilistas italianos Domenico Dolce e Stefano Gabbana criaram o perfume que, segundo Verônica Kato, “combina notas de diversas famílias olfativas, como frutal, floral e amadeirada, mas nenhuma delas tem destaque. Isso assegura um aroma delicado, bastante aceito entre as mulheres de todo o mundo”. O sucesso da fragrância foi rápido, combinando notas de bambu, jasmim e maçã verde. R$ 267 (50 ml)

 

perfumes importados

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

5º lugar: Angel, Thierry Mugler. Pioneiro na combinação de aromas de guloseimas, como caramelo e mel, o perfume foi lançado em 1992. “Como o cheiro era bem doce, diferente do que existia até então, ele demorou dez anos para cair no gosto das mulheres”, diz Júlia Fernandez, gerente de design olfativo da casa de fragrâncias International Flavors and Fragrances (IFF), em Nova York. Todo ano, na época das festas natalinas, uma edição limitada do Angel é lançada. R$ 386 (50 ml)

 

perfumes importados

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

6º lugar: Pleasures, Estée Lauder. Lançado em 1995, a fragrância combina notas florais, como violeta, peônia, jasmim e rosa. “Queridinhas das mulheres, as notas de flores, com apelo romântico, são encontradas em boa parte das essências lançadas nessa época”, afirma o perfumista Adilson Rato, da casa de fragrâncias Firmenich, em São Paulo. Infelizmente, o perfume e seus produtos não são vendidos no Brasil. US$ 40 (50 ml)

 

perfumes importados

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

7º lugar: Chance, Chanel. Assim como o Coco Mademoiselle, o Chance foi lançado em 2003 visando os mesmos consumidores: as jovens. A fragrância combina notas de cidra e baunilha. “É o que chamamos de memória olfativa. A estrutura do perfume permanece quase a mesma, fazendo com que a mulher reconheça o cheiro. Mas as novas notas trazem frescor”, diz a perfumista Verônica Kato. R$ 308 (50 ml)

 

perfumes importados

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

8º lugar: Trésor, Lancôme. Assim como o Angel, de Thierry Mugler, a fragrância não leva notas frescas, mas aposta em uma essência marcante. O perfume foi lançado em 1990 e combina notas de sândalo, almíscar e âmbar. A fragrância fez tanto sucesso que outras marcas a copiaram, criando loções hidratantes e shampoos com o mesmo cheiro. R$ 321 (50 ml)

 

perfumes importados

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

9º lugar: Allure, Chanel. Lançado no final dos anos 1990, o perfume combina notas de jasmim e rosa de maio (presentes em Chanel Nº 5) com toques de cidra e bergamota. R$ 308 (50 ml)

 

perfumes importados

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

10º lugar: Eternity, Calvin Klein. A historia deste perfume é encantadora: Calvin Klein, em 1987, presenteia sua esposa com uma aliança contendo a palavra eternity gravada. Um ano depois, ele lança o perfume em forma de homenagem a todas as histórias de amor. “Eternity é o símbolo romântico da mulher moderna e por isso virou objeto de desejo”, explica Júlia. A fragrância traz toques de lírio, frésia e sálvia. R$ 261 (50 ml)

 

Saiba mais:

 

Como se maquiar no verão

12 Dicas para manter a pele hidratada no verão

7 Dicas para evitar calos, micoses e mau cheiro na hora de malhar

Maquiagem de carnaval passo a passo

Aprenda a montar uma maleta de maquiagem completa

Dicas de maquiagem dos TOP maquiadores das estrelas

Estojo de maquiagem: até que ponto vale a pena investir?


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]