[the_ad_group id="16401"]
Clínica Geral

Saiba quais as doenças que impedem a doação de sangue

Por Redação Doutíssima 05/03/2014

Doar sangue é um gesto solidário e generoso que pode salvar vidas. Mas nem todos podem fazê-lo. Existem doenças que impedem a doação de sangue e podem tornar um possível doador inapto para doar.

doenças que impedem a doação de sangue

 

Para realizar uma doação de sangue, uma avaliação é feita em prol da a segurança dos doadores e receptores. Na triagem de doadores, normas nacionais e internacionais devem ser obedecidas, como as do Ministério da Saúde, Associação Americana e Conselho Europeu de Bancos de Sangue. O alto rigor no cumprimento dessas normas visa oferecer segurança e proteção ao receptor e ao doador. Todas as medidas para que a doação seja feita dentro das condições de qualidade e segurança devem ser tomadas. O exames que precedem a doação deve garantir que o doador está em perfeita saúde e que pode tolerar a retirada de 400 à 750 ml de sangue de seu corpo. Algumas doenças ou predisposições podem se agravar com a retirada de sangue: falta de ferro, anemia (carência de hemoglobina), uma anomalia da coagulação sanguínea, uma doença cardíaca ou vascular, doenças crônicas, etc.

As contra-indicações na doação de sangue tem por objetivo prevenir a transmissão de infecções e doenças. Muitas pessoas pensam que a sorologia (testes para as doenças infecciosas) pode detectar todas as infecções. Na realidade, esses testes não detectam baterias e príons. Além do mais, nenhum teste é capaz de detectar uma contaminação recente. É por isso que as situações de exposição potencial a um risco infectuoso são procurados durante a triagem clínica, que precede a doação. Essa triagem se baseia em perguntas com o intuito de proteger quem está doando e para conscientizar o doador de que a pessoa que vai receber o sangue precisa ficar bem e não ter problemas depois.

 

Conheça as doenças que impedem a doação de sangue:

 

  • Gripe – temporariamente
  • Febre – temporariamente
  • Hepatite B e C
  • Diabetes
  • Hipertensão (caso seja controlada)
  • Malária
  • AIDS – Vírus HIV
  • Doença de Chagas
  • Doenças associadas ao vírus HTLV I/II

 

Saiba sobre outros motivos que podem desqualificar temporariamente o individuo de doar sangue:

 

  • Anemia
  • Gravidez
  • Cirurgia recente de grande porte
  • Baixo peso (inferior a 50 kg)
  • Ter mais de 65 anos
  • Hipotensão arterial
  • Piercing e tatuagem há menos de um ano
  • Epilepsia
  • Crises de asma
  • Recebimento de transfusão há menos de um ano

 

Porque é importante doar sangue?

 

doenças que impedem a doação de sangue

 

O número de pessoas que necessitam de doação de sangue cresce cada vez mais. Os hospitais grandes onde são tratados todos os tipos de pacientes necessitam de um banco de sangue em qualidade e quantidade adequada. Se não houver sangue num hospital, as cirurgias serão canceladas. Pacientes submetidos a cirurgias cardíacas, transplantes de rins, de fígado e de medula óssea, entre outras, necessitam muito de sangue e de plaquetas. Se o doente fizer quimioterapia, por exemplo, e não receber o suporte da transfusão, poderá não superar a fase de tratamento.

 

 

 

 

 

Veja o vídeo a seguir e conheça o passo a passo da doação de sangue:

 

Doação de sangue: conheça o passo a passo

Saiba mais:

 

Doação de sangue: cai a níveis críticos estoque de SP

Mito ou verdade: doar sangue te deixa fraco

Conheça os direitos do doador de sangue

Doar sangue é vital

Como retardar o envelhecimento com o seu próprio sangue

Hepatite B: o que é e o que fazer?

Anemia: sintomas, causas e tratamento

 

 


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]