Considerado um vilão durante muito tempo, o ovo é hoje indicado para a composição da alimentação diária, principalmente de atletas. Saiba o que motivou a mudança de opinião sobre a relação entre ovo e colesterol.

 

Durante décadas o ovo foi considerado vilão devido à quantidade de colesterol existente na gema. No entanto, os estudos recentes mostram que isso já foi desmentido e este alimento pode ser consumido diariamente sem afetar a saúde, além disso, ele possui diversas qualidades nutricionais. A ingestão de claras de ovo ou do suplemento albumina sempre foi muito popular, principalmente pelos atletas de musculação, porém a gema pode estar inclusa na dieta também!

Ovos possuem nutrientes como: ácidos graxos essenciais, carotenóides antioxidantes (luteína e zeaxantina), proteína (a proteína do ovo é de alta qualidade) e colina. Então, o ovo deve ser incluído na dieta, pois além de ser nutritivo e saudável, tem baixo custo.

Analisando sua composição gordurosa, conclui-se que a gema tem 3,8 g de gordura monoinsaturada (gordura boa), 1,36 g de gordura poli-insaturada (gordura boa) e 3 g de gordura saturada (gordura ruim). Apesar de ter um pouco de gordura ruim, essa quantidade não é muito significativa e além de tudo, a colina, presente na gema atua na redução da absorção do colesterol.

Dessa forma, fica claro que as pessoas podem incluir ovos em suas dietas (clara + gema) tendo benefícios em seu consumo diário.

 

Algumas dicas:

– O consumo de ovos no café da manhã provoca maior saciedade reduzindo o consumo de alimentos calóricos nas outras refeições do dia. Os ovos também entram como opção mais saudável do que embutidos, queijos amarelos e margarina/manteiga;

 

– Consumir ovos com alimentos integrais e vegetais como: frutas, legumes e verduras, favorecem a perda de peso, além de proporcionar uma dieta equilibrada;

 

– O consumo diário de ovos também ajuda a fornecer proteínas de alta qualidade para praticantes de atividades físicas que desejam o ganho de massa muscular (um ovo tem cerca de 7g de proteína);

 

– A substância colina presente na gema, é muito importante para manter a saúde das funções cerebrais. Ela é componente chave para a formação de “transmissões” de mensagens e sinais do cérebro para nervos e músculos;

 

– A ingestão frequente de ovos também mantém a saúde de visão: os antioxidantes luteína e zeaxantina ajudam na prevenção da degeneração macular, que é a causa principal de envelhecimento dos olhos e outros problemas de visão com o passar dos anos;

 

– Os ovos podem ser consumidos cozidos, na forma de omelete, ovo mexido, patês, etc. Evite frituras e preparações gordurosas e com muito açúcar que os inclua;

 

– Uma excelente opção para quem quer evitar carboidratos antes de dormir é comer ovos cozidos com uma fatia de queijo ou um copo de iogurte ou fatias de peito de peru;

 

– Para vegetarianos: inclua ovos em sua dieta diariamente no lugar das carnes, eles são os substitutos perfeitos das proteínas alimentares.

Após esse artigo, tenho certeza que suas dúvidas em relação a este alimento acabaram! Consuma ovos diariamente: tenha saúde e qualidade de vida!

 

REFERÊNCIAS:

– Site: www.ovosbrasil.com.br

– Sociedade Brasileira de Cardiologia – IV Diretriz da Sociedade Brasileira de Cardiologia – disponível em: www.cardiol.br

 

Fórum de Discussão Doutíssma tem como objetivo propiciar o compartilhamento e troca de experiências entre os usuários, além de ser fonte para a busca de informações e esclarecimentos de dúvidas sobre: Saúde, Beleza, Fitness, Nutrição, Gravidez, Filhos e Psicologia.. Clique aqui para se cadastrar!

 

 

Saiba mais:

4 maneiras saudáveis de comer ovos

Saiba como os ovos podem te ajudar a perder peso

5 Boas razões para comer ovos

10 Receitas light para fazer em casa

Dieta para colesterol: aprenda o que comer

A dieta da USP está de volta! Saiba mais sobre os resultados e riscos

Luciana Gimenes aparece sem maquiagem e comendo clara de ovos


2 Comentários

Comments are closed.

DEIXE UMA RESPOSTA