[the_ad_group id="16401"]
Clínica Geral

Aprenda sobre a compatibilidade sanguínea: muito mais interessante que a compatibilidade dos signos

Por Redação Doutíssima 09/03/2014

 

compatibilidade sanguíneaDevido ao grande número de acidentes e doenças sanguíneas, os Centros Hemoterápicos precisam de doações de sangue para ajudar as pessoas que necessitam de transfusões.

Saiba mais sobre a compatibilidade sanguínea:

A doação de sangue não pode ser feita de maneira aleatória, pois, é preciso que o tipo de sangue do doador seja compatível com o da pessoa que vai receber a transfusão.

Antes de falar sobre compatibilidade, vamos entender melhor sobre as funções e tipos de sangue:

O sangue é um tecido conjuntivo que circula por todo o nosso organismo. Ele tem por função transportar nutrientes, oxigênio, gás carbônico, hormônios e anticorpos e outras substâncias para manter os nossos órgãos funcionando. O sangue humano é classificado em grupos e subgrupos que são chamados de sistema ABO (A, B, O e AB) e RH (Positivo e Negativo). A classificação sanguínea é determinada de acordo com a quantidade de antígenos presentes no sangue. Os antígenos são substâncias que estimulam a produção de anticorpos.
Os grupos mais comuns de sangue no Brasil são o A e o O, representando 87% da população. O grupo B representa 10%, já o AB abrange 3%.

Existem dois tipos de sangue do grupo O:

O sangue O Negativo – Pode ser doado para qualquer pessoa, porém, apenas 9% dos brasileiros têm esse tipo sanguíneo. Ele é bastante utilizado em hospitais diante de situações de emergência.

O sangue O Positivo –  É  o tipo sanguíneo mais utilizado no Brasil, por isso os homocentros precisam ter pelo menos 50% dele em estoque.

No caso de uma transfusão sanguínea, a pessoa precisa receber o mesmo tipo de sangue ou o tipo O negativo, pois, ele é universal.

 

Transfusão sanguínea

 

A transfusão sanguínea de uma pessoa para a outra é feita após a identificação de antígenos presentes nos glóbulos vermelhos e anticorpos encontrados no plasma. Quando o antígeno encontra os anticorpos que ele precisa na superfície das hemácias, ocorre o que nos chamamos de aglutinação celular (ou seja, um agrupamento das células). Já as transfusões com tipos de sangue incompatíveis podem acarretar problemas de saúde como insuficiência renal.

 

Entendendo a compatibilidade sanguínea

 

A compatibilidade sanguínea é determinada pelos anticorpos e antígenos presentes na superfície hemácias desde a nascença. Eles são responsáveis pelos grupos sanguíneos do sistema ABO.
O tipo de grupo sanguíneo é hereditário e varia de acordo com a raça do individuo.

 

compatibilidade sanguínea

Sistema ABO

 

Grupo sanguíneo A – Os indivíduos com esse tipo de sangue possuem o antígeno A nas hemácias e o soro sanguíneo encontrado na Imunoglobulina M  são anticorpos contra o antígeno B. Desta forma, o individuo do grupo A só pode receber sangue de pessoas do grupos A ou O, e também só é possível doar sangue para pessoas com o tipo B ou AB.

Grupo sanguíneo B – As pessoas com grupo sanguíneo possuem antígeno B nas hemácias, além disso, o soro sanguíneo encontrado na Imunoglobulina M são anticorpos contra o antígeno A. Ou seja, um individuo do grupo B pode receber sangue somente de indivíduos dos grupos B ou O e também podem doar sangue para pessoas com tipo sanguíneo A ou AB.

Grupo sanguíneo O – A pessoa não possui nenhum antígeno do grupo ABO nas hemácias, porém, o soro sanguíneo deles possui Imunoglobulina M com anticorpos anti-A e anti-B. Isso quer dizer que, uma pessoa com sangue do grupo O apenas poderá receber sangue de uma outra também do grupo O, entretanto, ela pode doar sangue para alguém com qualquer grupo ABO (sendo A, B, O ou AB).
Grupo AB – Neste caso, os indivíduos possuem antígenos A e B nas hemácias, e no soro sanguíneo deles há ausência de anticorpos dos antígenos A ou B. Ou seja, a pessoa com o tipo sanguíneo AB pode receber sangue de qualquer outro grupo, mas, ela pode doar sangue somente para pessoas com o tipo AB.

 

Assita ao vídeo abaixo para saber mais sobre compatibilidade sanguínea:

 

http://www.youtube.com/watch?v=1LG5lTkgP0g

 

Saiba mais:

 

Conheça os direitos do doador de sangue

Doar sangue é vital

Mito ou verdade: doar sangue te deixa fraco?

Anemia de Fanconi: sintomas, causas e tratamento

Leucemia Mieloide Aguda: sintomas, causas e tratamento

Leucemia: sintomas, causas e tratamento

Doenças que impedem a doação de sangue


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]