[the_ad_group id="16401"]
Esporte

Hipnose Condicionativa aplicada no esporte contribui para melhorar o desempenho de atletas

Por Luiz Carlos Crozera 11/03/2014

Quem nunca se sentiu ansioso ou inseguro diante de uma competição, mesmo que seja ainda amador. Saiba que isso pode ser resolvido com a hipnose condicionativa

hipnose condicionativa
Em qualquer modalidade esportiva ou atividade física, desde uma simples caminhada, os condicionamentos mentais são fundamentais para disparar e controlar, ao mesmo tempo, uma série de mecanismos que fluem do nível mental. Quando uma pessoa decide passar por sessão de hipnoterapia condicionativa, o terapeuta buscará trabalhar os seguintes pontos: bloqueio do emocional negativo (traumas), força de vontade, timidez, motivação geral, controle da ansiedade, aumento da concentração e atenção, reflexo, força física, superação, desempenho, agilidade, destreza, velocidade, disciplina, autoconfiança e autoestima.

A Hipnose Condicionativa pode ser a maior aliada para o bom desempenho de atletas profissionais, até mesmo dos desportistas amadores, de qualquer idade ou classe social, inclusive para pessoas com deficiência. Através dela criam-se mecanismos para potencializar e maximizar resultados, assim como proporciona melhoras no desempenho físico e mental de qualquer pessoa. De maneira geral, pessoas bem preparadas pela Hipnose Condicionativa apresenta uma visível melhora de desempenho, ficam muito motivadas aos aperfeiçoamentos, mais participativas e dedicadas nos treinos e competições.

É bastante comum observar atletas muitíssimo bem preparados que, no momento de desempenharem seus papeis, acabam numa grande decepção. Isso se deve à elevação dos níveis de ansiedade no momento de uma competição ou prova. A ansiedade é a mola propulsora para inúmeros distúrbios, como a insônia, indisposição, timidez, estresse, fadiga, cansaço, dores, desvio ou falta de concentração e atenção, medos, inseguranças, etc. Todas elas podem interferir diretamente na performance do competidor, impedindo que ele chegue aos seus objetivos.

Por outro lado, um dos fatores agravantes é a pressão psicológica que o atleta acaba sofrendo, antes, durante e até mesmo após uma competição. Essa pressão pode vir da família, da assistência, do técnico ou treinador, da imprensa, da opinião pública, etc. Fato é que estes fatores geram estresse intenso, interferindo diretamente na forma de atuação.

Qualquer que seja o caso, a Hipnose Condicionativa ajuda o atleta lidar com as pressões psicológicas nas mais diversas situações, contribuindo para o controle dos níveis de ansiedade, gerando uma maior tranquilidade para que o atleta consiga dar o máximo de sua capacitação. O segredo está no equilíbrio ou estabilização do centro emocional que dará uma resposta fisiológica e psicológica satisfatória, alcançando melhor desempenho.

Na Rússia, existe uma tradição centenária da aplicação da hipnose em atletas, assim como foi utilizada em soldados nas guerras mundiais. Os E.U.A pesquisam e mostram a eficácia da hipnose em atletas, de forma comparativa. No Brasil a aplicação da hipnose no campo esportivo está apenas iniciando, com uma grande vantagem, o Brasil é o berço da mais nova linha científica de hipnose clínica mundial, batizada como Hipnose Condicionativa (1983), sendo a linha Clássica criada no século XVII e a Ericksoniana em 1927.

As técnicas de condicionamentos mental, aplicada em hipnoterapia, funcionam como principal instrumento no desenvolvimento e desempenho do potencial humano. Atua também como coadjuvante e/ou complementar, torna qualquer tipo de tratamento mais breve e seguro. Nosso organismo e todo comportamento respondem diretamente aos comandos da mente, a partir dos pensamentos e sentimentos. Desta forma é possível afirmar, com muita tranquilidade, que um atleta quando passa por sessão de hipnoterapia condicionativa se sentirá muito melhor preparado e capacitado.

Atleta é campeão mundial, sul-americano e brasileiro de Jui-jitso com ajuda da Hipnose Condicionativa

hipnose condicionativa

Márcio Saldanha, que representa a Academia Gracie Humaitá de Brasília, equipe Juquinha, conquistou os títulos de Campeão Mundial, Sul Americano e Brasileiro de Jiu-jitsu, na categoria Purple Belt Adult. O atleta buscou na psicoterapia condicionativa melhora na capacitação física e mental, controle da ansiedade, aumento da concentração, atenção e reflexos, durante as competições, conquistando importantes títulos. Márcio Saldanha também foi formado pelo Instituto Brasileiro de Hipnologia, é psicólogo e trabalha na recuperação de menores infratores em Brasília. 

Veja o que Marcio Saldanha comenta sobre a Hipnose Condicionativa:

 

Saiba mais:

Hipnose condicionativa: novo tratamento para estresse

O uso da hipnose na odontologia

Doenças do sono: sintomas, causas e tratamento

Psicologia e Gestalt Terapia: saiba mais

Conheça a cronopsicologia e organize melhor o seu dia

Saiba mais sobre o conceito de grupo na psicologia

O que é psicologia judiciária?


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]