[the_ad_group id="16401"]
Especialidades

Alergia à gelatina: entenda porque acontece

Por Redação Doutíssima 14/03/2014

alergia à gelatinaQuem não gosta de gelatina? Especialmente as crianças se encantam pelas lindas cores e diferentes sabores que essa sobremesa de fácil preparo oferece. Contudo, muita gente não conhece os perigos que se escondem atrás das gelatinas. Seu colorido e doçura é devido à uma alta quantidade de corantes e açúcar presentes na receita de quase todas as marcas de gelatinas à venda pelo Brasil. Muitas crianças e adultos, intolerantes à corantes desenvolvem alergia à gelatina. Na maioria das vezes, em especial no caso de crianças, os pais não sabem sobre essa intolerância alimentar até a criança desenvolver uma reação alérgica após consumir um produto rico em corantes, como a gelatina. Por isso, deve-se ter uma grande atenção ao consumo desse produto.

 

Os pais devem estar atentos e tomar cuidados com a alergia à gelatina

 

O primeiro cuidado que os pais devem ter é o de não oferecer gelatina ao bebê de menos de 1 ano de idade. No caso dele ter alergia à gelatina, um caso de crise alérgica antes de 1 ano pode ser muito complicado.

Outra sugestão dos pediatras é que sempre seja evitado oferecer às crianças gelatinas das cores verdes e amarelas, que possuem corantes mais agressivos. Privilegie as gelatinas de cor vermelha, que possuem menos corantes. De qualquer maneira, as gelatinas não devem aparecer no cardápio das crianças mais de uma vez por semana.

Uma ótima opção para quem tem alergia à gelatina é preparar sua própria gelatina em casa, com suco de frutas natural. Veja abaixo uma receita de gelatina de uva.

 

 

Gelatina de uva com suco natural

alergia à gelatina1 envelope de gelatina sem sabor e incolor (não possui corantes)
250 ml de água
250 ml de suco de uva natural (sem açúcar)
3 colheres de sopa rasa de açúcar (ou sem açúcar)

Como fazer:
Hidrate a gelatina incolor seguindo as orientações do fabricante e depois misturar com a água, o suco de uva e o açúcar. Leve à geladeira e espere algumas horas até endurecer

Variações:
Você pode fazer a mesma receita com o suco de outras frutas. No caso da escolha do abacaxi, ele precisa ser cozido ou ter seu suco fervido. É que o abacaxi possui uma enzima que não deixa a gelatina endurecer.

 

Alergia à gelatina não relacionada à corantes

 

Algumas crianças têm alergia à gelatina sem relação com corantes. Isso é geralmente devido à herança genética de um gene comum em pessoas de origem oriental. É recomendado que no caso de qualquer ascendência oriental sejam feitos testes de alergia no bebê mesmo antes de tomar vacinas. É que a maioria das vacinas contêm gelatina na fórmula e podem causar reações alérgicas.

 

Fórum de Discussão Doutíssma tem como objetivo propiciar o compartilhamento e troca de experiências entre os usuários, além de ser fonte para a busca de informações e esclarecimentos de dúvidas sobre: Saúde, Beleza, Fitness, Nutrição, Gravidez, Filhos e Psicologia.Clique aqui para se cadastrar!

 

Saiba mais:

Saiba mais sobre remédio para alergia

Alergia no bebê: saiba o que fazer

Alergia a medicamentos: entenda porque acontece e o que fazer

Especialista destaca os principais tipos de alergia e recomenda cuidados

Alergia alimentar: sintomas, causas e tratamento

Alergia nas mãos: entenda porque acontece

Alergia ao leite: entenda porque acontece

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]