[the_ad_group id="16403"]
Clínica Geral

Ácido úrico elevado : conheça os sintomas, causas e tratamento

Por Redação Doutíssima 16/03/2014

ácido úrico elevadoO ácido úrico é naturalmente presente no nosso corpo, agindo como um antioxidante e ajudando a manter os vasos sangüíneos saudáveis. Ele é formado a partir da decomposição de componentes nas nossas células do corpo e na nossa alimentação, chamados purinas. Ele penetra no sangue pelo fígado e o excesso de acido urico é excretado pelos rins e pela urina.

 

Sintomas de ácido úrico elevado, causas e as opções de tratamento

Os sintomas de ácido úrico elevado aparecem frequentemente como uma crise de gota, normalmente causada por altos níveis do ácido no sangue.

Às vezes, o excesso na produção do ácido úrico produzido pelos rins é tanto que o organismo não consegue tratar e expulsar. Ou então, os rins não funcionam perfeitamente e, portanto, não são capazes de controlar os níveis de ácido. Sob uma dessas condições, o ácido insuficiente está em andamento e excretado. O resultado é a um nível de ácido úrico elevado no sangue.

Mas existem outras situações que podem levar a um nível de ácido úrico elevado. Entre elas figuram a obesidade, alguns canceres, a quimioterapia, doenças renais, alguns medicamentos, as condições medicais, os antecedentes familiares.

O ácido úrico elevado no sangue é chamado de hiperuricemia. Sob esta condição, cristais de ácido úrico podem se acumular nas articulações e os tecidos em volta provocam a gota. Agora, todo mundo não tem os mesmos sintomas quando tem um nível de ácido úrico elevado, pois cada indivíduo reage de forma diferente. Algumas pessoas podem ter níveis altos sem jamais sofrer de uma crise de gota, enquanto outros podem ter níveis relativamente fracos e ter uma crise.

Além das dores insuportáveis, os outros sintomas da gota são o inchaço, o calor, vermelhidão, inflamação e rigidez.

O problema é que, uma vez que o paciente tem a crise de gota, ele fica suscetível a ter outras mais. Além disso, as crises frequentes de gota podem produzir danos permanentes às articulações e mesmo lesões renais.

ácido úrico elevadoExistem vários medicamentos disponíveis para ajudar a tratar a dor e a inflamação, e eles são regularmente prescritos pelos médicos. Há uma classe de medicamentos específica ajudar a baixar os níveis de ácido úrico. Mas eles devem ser consumidos durante bastante tempo, pois os níveis do ácido podem voltar a subir.

Um outro aspecto negativo para as pessoas que sofrem de gota são os efeitos secundários em potencial, como náuseas, dores de cabeça, cãibras do estômago, sangramentos e úlceras.

Por isso, as alternativas naturais são cada vez mais utilizadas, pois além de neutralizar e reduzir o ácido úrico, estes medicamentos naturais também aliviam a dor e a inflamação.

Medidas muitas ervas, frutas, legumes, suplementos naturais, limpeza dos rins, desintoxicação, redução de peso, mudanças dietéticas e até mesmo de ajustes de vida podem ajudar.

Um ponto que merece destaque aqui é a sua dieta. As purinas existem também na nossa alimentação. Assim, o consumo de alimentos ricos em purinas irá produzir mais ácido úrico. Portanto, como um paciente de gota, você precisa reduzir ou evitar alimentos ricos em purina, como a carne vermelha, a carne de frango, os molhos, o fermento, o álcool, entre outros.

 

O vídeo a seguir explica as doenças relacionadas ao ácido úrico elevado. Confira!

 

Fórum de Discussão Doutíssma tem como objetivo propiciar o compartilhamento e troca de experiências entre os usuários, além de ser fonte para a busca de informações e esclarecimentos de dúvidas sobre: Saúde, Beleza, Fitness, Nutrição, Gravidez, Filhos e Psicologia.
Clique aqui para se cadastrar!

 

 

Saiba mais:

Gota: sintomas, causas e tratamento

O que é gota? Sintomas e tratamento

Cálculo Renal – sintomas e tratamento

Cuide dos seus rins: como prevenir cálculo renal e outras complicações

Obesidade na mulher causa problemas na bexiga e leva à incontinência urinária

Alimentação saudável: saiba quais são as gorduras do bem e onde encontrá-las

9 Sinais de que sua dieta não serve para você


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]