[the_ad_group id="16403"]
Dica do Nutricionista

Conheça os benefícios da maca peruana para a sua saúde

Por Redação Doutíssima 18/03/2014

Raiz cultivada na Cordilheira dos Andes, no Peru, a maca peruana é um tubérculo bastante parecido com o rabanete. Conhecida pelas propriedades afrodisíacas, possui alto valor nutricional e baixo índice calórico.

Em 1532, quando os espanhóis conquistaram a região de cultivo do alimento, estavam somente interessados na prata e pouco prestaram atenção à flora do local. Dessa forma, acabaram por perder a oportunidade de conhecer a raiz resistente que cresce a cerca de 4.500 metros de altitude e sobrevive às temperaturas e ao nível de oxigênio baixos.

Em 2013, a comercialização do tubérculo injetava cerca de US$ 7 milhões por ano na economia peruana, uma vez que sua exportação se concentra principalmente na Ásia.

maca-peruana-doutissima-shutterstock

Afrodisíaca, a maca peruana traz benefícios para o coração e é pouco calórica. Foto: Shutterstock

Benefícios da maca peruana

A maca peruana é uma raiz com fama de efeito afrodisíaco. De acordo com um estudo publicado no Asian Journal of Andrology e conduzido por um pesquisador da Universidad Peruana Cayetano Heredia, no Peru, o consumo do tubérculo seria capaz de aumentar a quantidade de sêmen, tanto na contagem de espermatozoides, quanto na motilidade espermática, ou seja, a forma como se deslocam.

O profissional observou os efeitos da raiz em homens com idades entre 24 e 44 anos durante quatro meses. Além disso, foi observado que a ingestão da maca aumentava o desejo sexual e reduzia os níveis de estresse e ansiedade do indivíduo. O estudo aponta que o alimento possa criar influência sobre o hipotálamo e as glândulas suprarrenais, o que ocasiona tais efeitos estimulantes.

Vendida como suplemento nutricional, a raiz é rica em minerais, aminoácidos, boas gorduras, nutrientes e fitoesteróis. Desse modo, o tubérculo se torna alternativa para tratamentos de infertilidade para homens e mulheres, alívio de distúrbios do sistema hormonal e, também, para casos de falta de libido.

Além disso, a maca peruana pode aumentar o vigor físico e energia, pois contém em sua composição o cálcio, magnésio, fósforo, zinco, selênio, ferro e vitaminas do complexo B, essenciais na atuação do metabolismo e também no ganho de massa muscular.

Devido ao ômega 9 presente no tubérculo, seu consumo pode auxiliar na prevenção e tratamento de doenças cardiovasculares. Ainda é uma fonte rica em ômega 3, atuante na diminuição da pressão arterial e na regulação dos níveis de colesterol.

Segundo a Associação Brasileira de Nutrologia (Abran), a maca peruana ainda pode ajudar na prevenção do diabetes, uma vez que diminui a velocidade da absorção de glicose, devido ao alto teor de fibras na planta. A organização também aponta que a raiz é capaz de fortalecer a imunidade e aumentar o poder de cicatrização do organismo.

Como incluir na dieta

Se interessou pela maca peruana? A raiz pode ser encontrada em farmácias, laboratórios de manipulação e lojas de produtos naturais em forma de farinha e cápsulas. Fique atento ao consumo, pois apenas o nutricionista, nutrólogo ou profissional da saúde pode definir a quantidade diária.

Apesar de rica em carboidratos, a raiz possui baixo valor calórico. Em farinha, pode ser adicionada no iogurte, na batida, em frutas e no lanche da manhã ou da tarde.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]