As mudanças no corpo, os efeitos colaterais e o aumento do risco de doenças devem ser levados em conta antes de indicar o uso de anabolizantes para mulheres

anabolizantes para mulheres

Em busca do corpo perfeito, com pernas, coxas e bumbuns extremamente definidos. Considerando que todo esforço é válido para ficar com “tudo em cima”, cada vez mais as mulheres aderem ao uso de anabolizantes, o que se agravacom a chegada do verão. É como se fosse uma espécie de fórmula ideal para conquistar um corpo sarado. Mas, não é bem assim. Nenhum desses benefícios é alcançado sem uma prática de atividade física regular, acompanhada por um profissional especializado e uma dieta apropriada.

Corpo impecável, barriga zero, mas em compensação, voz grossa, crescimento das extremidades como nariz e orelhas, aumento significativo do clitóris, além de outros efeitos deletérios do organismo como aumento do colesterol “ruim” LDL e diminuição do colesterol “bom” HDL. Há também a possibilidade de alterações da tireoide, problemas cardiovasculares, infertilidade, agressividade, assim como o surgimento de doenças graves futuras como o câncer podendo até levar a morte.

 

Veja quais são os mais conhecidos anabolizantes para mulheres

Os mais comuns são derivados da testosterona (hormônio masculino) e outros do GH (hormônio do crescimento) – este é menos agressivo ao corpo, mas é mais caro. O consumo da substância é feito por ciclos.

anabolizantes para muheresDerivados da testosterona: aumenta a musculatura, diminuí a gordura e pode estimular a libido feminina.

Efeitos colaterais negativos:

– Aumenta a oleosidade da pele e causa acne;

– Provoca crescimento de pelos em regiões incomuns (tórax e rosto);

– Pode levar à infertilidade;

– Causa irregularidade menstrual;

– Contribui para o engrossamento da voz;

– Aumenta o clitóris e sua sensibilidade.

Derivado de GH (hormônio de crescimento): menos agressivo ao organismo feminino, deixa a pele mais viçosa.

Efeitos colaterais negativos

– Dores nas articulações;

– Inchaço;

– Agride o fígado e o coração.

Alguns desses efeitos são irreversíveis, como o aumento dos grandes lábios, que pode ser um fator genético, mas que tende a aumentar ainda mais com o uso dos anabolizantes. Algumas mulheres recorrem à cirurgia plástica para a correção, devido à baixa autoestima após o crescimento exacerbado.

O uso dos anabolizantes é proibido?

Para os treinos, o uso de anabolizantes é ilegal, embora sejam usados ilicitamente, ou para outro tipo de objetivo. O uso de anabolizantes e hormônios de crescimento é indicado apenas para pacientes portadores de HIV, câncer ou desnutrição gravíssima, onde há uma necessidade de recuperação de massa muscular, através de acompanhamento médico. O uso das injeções de anabolizantes esteroides pode levar ao risco de infecção pelo HIV e vírus da hepatite, se as agulhas forem compartilhadas.
O ideal é realizar atividade física regular acompanhada de um educador físico, manteendo hábitos alimentares saudáveis acompanhado por um nutricionista que o resultado aparece de forma mais lenta, porém duradoura, além de não colocar em risco a saúde.

 

Saiba mais:

Caso Netinho: entenda o perigo dos anabolizantes

Conheça os 4 hormônios do ciclo menstrual

Sintomas do climatério: como tratar sem hormônio

Saiba mais sobre o tratamento com testosterona

Reposição da testosterona: é ou não uma boa ideia

A testosterona também pode ajudar mulheres na pós-menopausa

10 vantagens da academia feminina