[the_ad_group id="16403"]
Clínica Geral

Anemia megaloblástica: sintomas, causas e tratamento

Por Redação Doutíssima 25/03/2014

A anemia megaloblástica é uma condição anêmica que é causada por uma deficiência de ácido fólico, vitamina B12, ou uma combinação de ambos. Quando o corpo humano é privado dessas substâncias a medula óssea é incapaz de produzir a quantidade certa de glóbulos vermelhos saudáveis ​​ou normais, e então ela produzirá glóbulos vermelhos que são imaturos, que são maiores do que as células normais e não produzirá a quantidade suficiente de glóbulos.

 

anemia megaloblástica

Essas células também tendem a morrer mais cedo do que 120 dias, que é média normal de dias que os glóbulos vermelhos saudáveis ​​normalmente vivem. Isto acontece devido à condição de anemia, devido à insuficiência de glóbulos vermelhos no corpo humano, que são necessárias para distribuir o oxigênio por todo o corpo.

 

Sintomas da anemia megaloblástica

 

Os sintomas desta anemia são bastante semelhantes aos sintomas de outros tipos de anemia: cansaço, palidez, coração acelerado (taquicardia), diarreia, fraqueza, perda de apetite e peso, dores abdominais, dormência nos dedos, boca e língua sensíveis.

 

Causas da anemia megaloblástica

 

Conforme dito anteriormente, a anemia megaloblástica é causada por uma deficiência de ácido fólico, vitamina B12, ou uma combinação de ambos. Ela também pode ser causada por várias condições que interagem com o ácido fólico e a vitamina B12 no nosso corpo. O alcoolismo pode ser uma dessas condições, onde o álcool interfere no metabolismo das folhas no fígado, podendo esgotar a quantidade de ácido fólico no nosso corpo. A causa mais comum de anemia megaloblástica em crianças é simplesmente a deficiência destas vitaminas.

 

Outras causas comuns de anemia megaloblástica são os problemas digestivos que impedem o organismo de absorver suficientemente estas vitaminas, assim como certas drogas que interferem na absorção do ácido fólico. A deficiência de ácido fólico também é comum durante a gravidez, o que pode causar uma anemia na mãe e no recém-nascido. Em alguns casos, esta condição durante a gravidez pode causar alterações de nascença como, por exemplo, a espinha bífida.

 

anemia megaloblástica

Neutrófilo hipersegmentado característico da anemia megaloblástica.

Tratamento da anemia megaloblástica

 

O tratamento geralmente consiste em tomar ácido fólico ou vitamina B12, assim como o tratamento de problemas digestivos subjacentes que podem causar a má absorção destas vitaminas. Estes suplementos devem ser tomados até que as vitaminas alcancem um nível considerado como suficiente no corpo. Normalmente, os suplementos devem ser tomados durante três meses. O consumo de alimentos ricos em ácido fólico e vitamina B12 também fazem parte do tratamento. Existem muitos alimentos que contêm ácido fólico, bem como as laranjas, fígado, arroz, vegetais verdes, e germe de trigo. Alimentos que contêm vitamina B12 incluem produtos lácteos, aves, cereais fortificados e crustáceos.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!

 

Saiba mais:

 

Anemia Falciforme: sintomas, causas e tratamento

Anemia de Fanconi: sintomas, causas e tratamento

Anemia Hemolítica: sintomas, causas e tratamento

Anemia Perniciosa: sintomas, causas e tratamento

Anemia Ferropriva: sintomas, causas e tratamento

Tratamento para anemia: como tratar a falta de ferro

Descubra os sintomas da falta de vitamina B12 no seu corpo

 

 


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]