Quem nunca sonhou em receber de um médico a indicação de que pode comer chocolate sem o sentimento de que aquilo pode lhe fazer mal. Saiba mais sobre o tema.

Fiquei feliz ao ver este tema ser abordado em uma revista semanal de grande circulação nacional. O chocolate, junto com o café, o ovo, as gorduras e muitos outros alimentos, sempre estão na mira dos cientistas na buscar por funções benéficas ou de males que possa causar.

 

O chocolate em questão. Pode comer chocolate sem culpa?

A reportagem enfoca os benefícios do consumo do chocolate. É verdade que o alimento contém compostos fenólicos, benéficos à saúde. Não há como negar. O vinho também contém substâncias benéficas, assim como o brócolis, o tomate, o chá-preto… Isso tudo é muito interessante mas não podemos esquecer uma coisa: a quantidade destas substâncias, em cada um destes alimentos, é bem pequena. Bem pequenininha mesmo.

Com isso eu não quero dizer que o consumo dos mesmos não seja interessante. É claro que é. O que acontece é que não devemos alardear benefícios aos quatro ventos pois, de fato, ninguém vai consumir todos estes alimentos nos volumes necessários para alcançar a plenitude dos benefícios dos compostos presentes nos mesmos. Não dá. Em grandes volumes, todos estes alimentos podem trazer efeitos indesejáveis, como é, inclusive, referido na reportagem em um quadro habilmente composto pela nutricionista Ana Carolina Moron Gagliardi Miguel (certamente, a parte mais interessante do texto).

Então vamos pensar. Como podemos nos beneficiar destas substâncias especiais? É muito importante conversar com seu nutricionista para fazer este uso corretamente. Além disso, é muito interessante buscar a suplementação. No Brasil, muitos dos compostos fenólicos interessantes para nosso consumo estão disponíveis na forma de suplementos, medicamentos ou manipulados. Seu médico também pode ajudar.

E é verdade que estes compostos só funcionam, em sua plenitude, em suas formas naturais, presentes nos alimentos? Na maioria das vezes, sim, mas os suplementos podem ser combinados entre si, e com a alimentação, para maximizar resultados. É por isso que você precisa consultar profissionais capacitados, habituados a trabalhar com estes elementos e a pesquisar sobre eles, para compor a melhor estratégia para você.

Voltando ao chocolate, vamos lembrar de algumas coisas importantes. Açúcar não é chocolate. Leite também não é chocolate. Sei que são afirmações óbvias, mas eu as faço para lembrar que é muito importante saber qual chocolate consumir. Busque as versões com maior percentual de cacau e, se possível, sem leite. Se o leite for substituído por leite de soja, é ainda pior (ainda vou escrever um post sobre soja). Sei que essa busca pode ser improdutiva, por isso lembro que existem receitas caseiras, utilizando cacau em pó, que podem ser tremendamente mais interessantes do que os chocolates de qualidade funcional duvidosa que temos disponíveis no mercado comum.

Chocolate sem culpa ou com? Então, concluindo, coma chocolate, aproveite o potencial dos compostos fenólicos, mas procure orientação pra fazer isso direito.

 

Saiba mais:

Top 7 beneficios do chocolate para a sua saude 

Por que as mulheres são viciadas em chocolate?

Blake Lively não faz dieta e come chocolate sempre que quer

Estudo comprova que comer chocolate não engorda

Mito: Comer chocolate não causa acne

Conheça as vantagens do chocolate para a sua dieta

Os benefícios do chocolate na área cosmética


DEIXE UMA RESPOSTA