[the_ad_group id="16403"]
Clínica Geral

Sistema digestivo: dor de barriga é sintoma comum de doenças gastrointestinais! Saiba como reconhecer esses sintomas e procurar o tratamento adequado

Por Redação Doutíssima 28/04/2014

As doenças gastrointestinais são as patologias que ocorrem nos órgãos do sistema digestivo, cuja função é absorver e transportar os nutrientes necessários para o desenvolvimento do corpo humano e também eliminar as impurezas do organismo. Uma forte dor de barriga é um dos sintomas mais comuns, o que pode ser um sinal de inflamação ou, até mesmo, indicar a deterioração de algum órgão.

O diagnóstico das doenças gastrointestinais só pode ser feito através de cuidadosa análise dos antecedentes do paciente e da realização de exames específicos de acordo com as suspeitas levantadas pelo médico. Geralmente, uma simples consulta não poderá diagnosticar a precisão da enfermidade.

doenças gastrointestinais

O diagnóstico das doenças gastrointestinais requer exames específicos. Foto: Shutterstock

Parte dos tratamentos das doenças gastrointestinais resulta em procedimentos cirúrgicos, com a remoção da região infectada. O paciente também pode ser submetido a um determinado período de repouso, além de ter que seguir uma dieta equilibrada e balanceada, diagnosticada de acordo com a gravidade da situação.

Algumas doenças gastrointestinais

A apendicite é uma inflamação no apêndice, que fica na primeira porção do intestino grosso. A apendicite ocorre quase sempre por causa de uma obstrução no apêndice, decorrente de um resíduo fecal mais endurecido que por lá passa e não consegue sair, ou mesmo por um parasita. Se essa não for tratada, a apêndice pode estourar e espalhar a infecção pelo o corpo.

Já as infecções são doenças gastrointestinais causadas pela ingestão de alimentos e água contaminada. A salmonela, por exemplo, é uma bactéria encontrada em carnes, frango e ovos mal cozidos. Ela se instala no intestino causando fortes dores abdominais, diarreia e febre. Além disso, alguns vírus causam, na mucosa do estômago e do intestino, inflamações denominadas gastrenterites, cujos principais sintomas são dor de barriga, diarreia e náuseas.

A constipação intestinal ocorre quando os movimentos peristálticos estão diminuídos. A causa mais frequente é uma alimentação inadequada, com pouca quantidade de fibras. Com isso, a massa fecal se resseca, devido a sua permanência prolongada no intestino grosso, dificultando a defecação. A prisão de ventre pode ser aliviada pela ingestão de alimentos ricos em fibras não digeríveis, que aumentam o volume da massa alimentar, estimulando o peristaltismo.

As úlceras pépticas ocorrem quando áreas da parede do tubo digestivo são lesadas pela ação de sucos digestivos. Quando uma úlcera se aprofunda e atinge a camada muscular há lesão de vasos sanguíneos, o que provoca hemorragias. A lesão pode perfurar toda a parede do tubo digestivo, atingindo a cavidade abdominal e causando inflamação da membrana que envolve as vísceras, o peritônio. O tratamento é feito com medicamentos que diminuem a acidez estomacal e facilitam a cicatrização.

O câncer de colo intestinal acontece, em geral, quando há em longo tempo ingestão de alimentos pobres em fibras. Quando não há fibras no organismo o peristaltismo fica mais lento e, assim, a mucosa intestinal fica mais tempo em contato com alimentos que contém sustâncias cancerígenas.

Procure um médico

Estas são apenas algumas doenças gastrointestinais. O ideal é que, ao sentir qualquer sintoma, como uma dor forte e contínua na barriga, que o indivíduo procure a orientação de um médico para iniciar o tratamento antes que a doença se agrave.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!

 

Saiba mais:

Problemas digestivos: Saiba como prevenir e tratar a gastroenterite viral

Gastroenterite: aprenda 7 dicas para evitar a gastroenterite e parar de sofrer

Aprenda a identificar os sintomas da apendicite e evite que o problema se agrave ainda mais

Entenda a salmonela (diarreia intensa)

7 Dicas para consumir mais fibras

Diarreia: sintomas, tratamento, como evitar

Apendicite! Todos podemos ter?


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]